Resumos de algumas historias 1001 noite | O Nosso Casamento

Temas e Decoração

Resumos de algumas historias 1001 noite

1 entrada / 0 novo
#1 Quarta, 02/07/2008 - 11:08
Retrato de carlaF
carlaF
Offline
Visto pela última vez: 9 anos 2 sem atrás
Desde: 30.07.2007 - 16:23

Resumos de algumas historias 1001 noite

Aqui vai mais ou menos de como tudo começou. As 1001 noite....mais abaixo apresento alguns resumos para todas as noivinhas que estiverem interessadas....lol....eu sou um delas...eheheheheheh( hoje apresento duas), ainda estou a tratar das outras.Deixo ao criterio das noivinhas para depois fazerem o resumo a maneira delas....

Inicio das 1001 noite...

Sherazader...
Há mts seculos atras no antigo Oriente, Sherazade uma jovem de beleza e intelegencia enfrentaria o poder do grande sultão Shariman e conquistaria o seu coração.Ela criaria uma das mais belas historias de amor( podem usar este inicio no placard)...

Conta-se que com raiva de ter sido traido pela sua primeira esposa, o rei Shariman decidiu que não confiaria em mais nenhuma mulher. Para evitar traiçoes, ele casaria-se com uma jovem virgem a cada noite, logo de seguida mandava matar a respectiva mulher com que passara a noite. Shariman encarregava o nobre Mustafa, seu vizir de escolher as suas esposas. Muitas porem fugiam para escapar ao cruel destino. Chegou um dia que Mustafa não encontrou donzela para casar com o sultão e voltou preocupado para casa. Mustafa tinha duas lindas filhas: Sherazade e Denizade., Sherazade era a mais velha, Este ve-se obrigado a levar as duas filhas ao rei, a primeira seria Denizade a sofrer o destino cruel. Uma vez nos aposentos do proprio rei, Sherazade pede para se despedir da sua irma Duniazade. No meio da conversa, como haviam, combinado antes, Duniazade pede que a irma lhe conte uma historia. Scherazade, que tinha lido livros e escritas de todas a especie, conta uma historia que, como havia planejado, cativava a atençaõ do rei. E assim começa a historia de Aladim e a lampada magica:

Era uma vez um jovem de nome Aladim filho de um pobre alfaite que vivia numa cidade da china. Quando o seu pai morreu , ele era muito jovem, e a sua mae teve que fiar algodao dia e noite para sustenta-lo. Um dia , quando tinha 15 anos estava a brincar na rua com alguns amiguitos. Um estranho que passava por la parou para olha-lo, era um feitiçeiro que necessitava da ajuda de um jovem Aladim era quem ele procurava. Entao o feitiçeiro aproximou-se de Aldim e disse-lhe que ele era o sobrinho que tanto procurava....Este encontro foi determinante para modificar a trajectoria de vida de Aladim. O feiticeiro possuidor de muitos poderes e capaz de realizar muitos feitos, pede a aladim ajuda para obter uma lampada maravilhosa, esta lampada não era qualquer uma. Nela habitava um genio que era capza de realizar todo e qualquer desejo a ele dirigido.A lampada magica era para o feitiçeiro um recurso magico que lhe daria mais poderes e que lhe permitiria realizar os seus desejos. Mas esta lampada estava guardada no interios de um jardim encantado, em uma especie de gruta ou caverna que continha muitas joias e moedas de ouro....

Entretanto o rei escondido escuta a narrativa.

O feitiçeiro pede a aladim que entre na caverna misteriosa para retirar de la a lampada e em troca oferece-lhe uma fortuna. Aladim entra na caverna e pega na lampada, mas o feitiçeiro tenta engana-lo na saida da caverna, e Aladim acaba por ficar preso com a lampada.

Mas ela interrompe a historia para a concluir apenas na noite seguinte. Curioso para saber o final da historia, o rei não mata a irma e nem Sherazade e deixa-a a ficar no palacio por mais uma noite.
E assim Sherazade fez o mesmo na noite a seguir, acabou por contar o fim da historia de Aladim e a lampada magica.

O genio que habitava a lampada manifesta-se apos um gesto acidental de esfrega-la, e concede a aladim a realizaçao de seus pedidos, que são todos consumados. Um dos desejos de aladim foi o de se tornar um principe e desposar a preincesa filha do sultao. O casamento de Aladim com a princesa realizou-se no merio de grande festa. Aladim já havia conquistao o coraçao do povo pela sua genorosidade.

E na mesma noite recomeçou mais uma historia, mas deixava sempre o fim por terminar.

Ali Baba e os quarenta ladroes:

Há muito, muito tempo, numa cidade longiqua vivia Ali Baba, que ganhava a vida comprando e vendendo coisas nas aldeias próximas á sua. Uma bela tarde, ao regressar a casa, viu uma longa caravana de 40 homens carregados com grandes caixas, que as puseram no chao junto a uma rocha. Entao espantadissimo Ali Baba viu o chefe aproxiamar –se da parede rochosa e gritar: Abre-te sesamo. Como por milagre abriu-se uma grande fenda na rocha e apareceu uma enorme gruta, no interior da os homens depositaram as caixas e sairam. De novo o chefe grita e diz: fecha-te sesamo e entao a parede voltou a fechar-se e os 40 homens foram embora. Quando Ali Baba viu que os homens já iam longe correu para a grande rocha e gritou: Abre-te sesamo, de novo esta abriu-se e Ali Baba entrou na gruta e viu espantado que ela albergava um precioso tesouro, proveniente dos roubos que os homens vinham praticando nas cidades da regiao, Entao carregou o que pode num saco e voltou para casa. No dia seguinte, pedindo segredo, contou tudo ao irmao mais velho Kasim.
Logo que a noite caiu Kasim sem dizer nada a ninguem colocou os arreios e alguns sacos nas mulas e dirigiu-se a gruta, sonhando todo o percurso que era muito mas mesmo muito rico....Porem quando tinha os sacos quaze todos cheios os ladroes regressaram para guardar mais coisas roubadas e ao verem-no pois não havia como esconder-se, condenaram-no a ficar na gruta. Preocupado com o desaparecimento do irmao e lembrando-se da conversa que tivera com ele, Ali Baba decidiu ir procura-lo a gruta. Logo que entrou viu-o atado de pes e maos jogado a um canto. Desamarrou-o e foram-se embora correndo por entre juras de nunca mais ali voltarem. Entretanto os ladroes regressarm a gruta e viram que o prisioneiro se tinha evadido, logo pensaram numa maneira de o panharem e a quem o ajudou. Um deles fez.se passar por mercador e foi bater de porta em porta. Cada um dos 40 ladroes iria dentro de uma vasilha e apenas uma iria com azeite.E la foram de cidade em cidade, consoante o plano que tinham forjado, ate que chegaram a casa de Kasim e o reconheceu. De imediato lhe pediu alojamento, ao que este ofereceu, sem desconfiar de nada. Ma durante o jantar a criada Frahazada, ao passar junto das vasilhas, ouviu os ladores a falerem. Frahazada correu a contar a Ali Baba a estranha coisa que tinha ouvido. Resolveram entao fervber um alguidar de azeite e despeja-lo em cada pote a onde se escondiam os malvados ladrões. Estes figiram aterrorizados, com exepção do chefe que foi preso e entregue aos guardas do rei. Kasim agradecido comprometeu-se a dar metade da sua fortuna ao irmão. Ali Baba so aceitou ¼ porque o rstahnte deu a Frahazada com quem iria casar.

Sempre alegre, ora contava um drama, ora contava uma aventura, as vezes um enigma, em outras uma historia real. Todas as noites Sherazade tinha uma historia diferente para contar ao sultão. E assim passaram mil e uma noite seguidas sempre a contar historias ...

Contéudos Relacionados

ola! Depois de quase 2 anos a viver juntos, o meu MQT e eu decidimos fazer uma pequena festa de ajuntamento. Nao...
Olá noivinhas! Bom, queria pedir ajuda para encontrar um espaço em Lisboa para o nosso casamento. Vamos ter cerca de...
Faltam 15 dias para o meu grande dia!!! E ainda não arranjei quem faça a animação musical do meu copo d'água! Gostava...
Boa tarde. Pretendo casar-me em Julho 2014. Procuro espaço barato para +ou - menos 100 pax na área de Lisboa/Sintra....
Olá a todas! Estou à procura de sítios para festa de casamento em Lisboa, mas quando digo Lisboa é a cidade e não...