4 respostas [Última]
Mia2005
Retrato de Mia2005
Offline
Desde: 26.06.2012
Estudio M Fotógrafo - Alerta!
Sábado, 26/07/2014 - 09:10

Resolvi descrever aqui a minha experiência com o Estúdio M de Coimbra (Mário Monteiro) para que outras noivinhas evitem passar pelo mesmo.
Resumindo numa frase, o Mário Monteiro é um vigarista profissional e tivemos de ameaçar com advogados etc para conseguirmos obter os álbuns e vídeos, para o qual o tínhamos contratado.
Em detalhe.
Nós conhecemos o Mário e o Estúdio M numa feira dos noivos em Aveiro. Poucos meses mais tarde decidimos contractá-los e na verdade gostei de todas as conversas que tivemos. Assim que pagámos o sinal, o caso já começou a mudar de figura. Em vez de ter a iniciativa de me telefonar, já nem a emails respondia… Pronto, mesmo assim, depois de insistirmos (email e telefonemas) conseguimos falar com eles e marcar um encontro. Nós vivemos fora de Portugal e fomos a Coimbra de propósito para nos encontrarmos com eles para vermos que tipo de álbuns tinham disponíveis, etc, no fundo acertar todos os detalhes antes do casamento (pois só nos tínhamos visto uma vez na tal feira de noivos). Marquei as passagens conforme o combinado com o Mário. Contactei-o um mês e também uma semana antes do encontro só para lembrar. No dia anterior ao nosso encontro (estávamos nós no aeroporto) o Mário liga-nos a desmarcar pois tem outro compromisso… Depois lá conseguimos remarcar para outro dia e depois de esperarmos 4 horas da hora combinada finalmente conseguimos conversar com o senhor. Sempre foi muito esquivo para nos dizer o valor do nosso pacote. Nós queríamos prescindir da sessão de solteiros e “trash the dress”, mas queríamos os 3 álbuns e vídeo editado, havia deslocação porque o casamento ia ser no Algarve, e, obviamente queríamos saber o preço total deste serviço. Depois de muito insistirmos conseguimos que ele nos desse um valor e isto ficou por escrito (email).
No nosso casamento, inicialmente correu tudo bem com os fotógrafos, foram simpáticos e tal, mas, durante o jantar todos os fotógrafos desapareceram! Estiveram desaparecidos cerca de 3 horas que foi mais ao menos a duração do jantar. Não tenho fotografias nenhumas dos brindes que fizemos, nem da minha família, nem dos MEUS PAIS na mesa de jantar connosco! Nós nem reclamámos disto, porque na verdade, é impossível voltar o tempo atrás e não ia adiantar reclamar porque não iam aparecer fotografias desses momentos não é?
Logo a seguir ao casamento, o EstudioM enviou-nos um email a pedir a totalidade do pagamento (o que faltava depois de termos pago cerca de 30% de sinal). Nós pedimos se podíamos pagar metade do que faltava e a restante metade quando nos entregassem as fotografias, álbuns e vídeo. Enviaram-nos o contracto, que na verdade nós nem tínhamos lido com tanto detalhe, onde estava escrito que ao pagarmos o tal sinal, éramos obrigados a pagar a totalidade do serviço nos dias seguintes ao casamento, portanto pagámos.
Pronto, a partir daqui começaram as sagas. Eu podia escrever um livro com as mentiras que ouvi. O Mário esteve constantemente a mentir. Eu ligava a perguntar quando é que me enviam a maquete? E ele dava um prazo e eu, OK, óptimo. Chegava esse prazo (que normalmente eram 2 semanas depois de eu telefonar, já uns meses depois do casamento) e nem recebia maquete nem recebia nenhum email a justificar o atraso. Dava mais duas semanas e contactava outra vez, “então e a maquete e o vídeo”. Eu nunca exigi que as minhas coisas estivessem prontas numa data a minha escolha, perguntei-lhes, quando é que vamos receber isto? E o próprio Mário é que dizia, mas nunca cumpriu.
Onze (11!!!!) meses depois e ainda sem álbuns e sem vídeos, fomos ao estúdio para falar com ele pessoalmente e fazer pressão. Ele disse-nos em pessoa que tinha de se redimir de já passar quase um ano do casamento e que queria causar boa impressão e garantiu-nos que nos ia dar tudo em duas semanas. Um mês depois, e mesmo assim sem receber nada, ligo e depois de muitas tentativas consegui falar com o Mário que me diz com toda a lata do mundo que o “o seu vídeo está pronto Cátia, já editámos, está pronto, vai recebê-lo ainda hoje”. Duas semanas depois disto, nem sinal de vídeo.
Até que pedi à minha sogra que passa-se pela loja para levantar o álbum e o vídeo que supostamente já estávam prontos. Combinei com o Mário e foi ele próprio que me disse quando é que ela devia passar na loja para levantar esse material. O que a minha sogra fez, eu sinceramente não teria capacidade para fazer, mas foi graças a ela que eles COMEÇARAM a trabalhar no vídeo (no momento que ela estava na loja e já mais de um mês depois de ouvir ao telefone “o seu vídeo está pronto” que foi cerca de um mês depois de estarmos na loja…). A minha sogra plantou-se na loja, fez o que se pode dizer “estrilho” e disse que só saía dali ou com o material ou com o dinheiro. Durante esse tempo, o Mário ligou-me uma série de vezes, incluindo para me informar que já não ia poder ir à loja mas que a minha sogra podia levantar o vídeo clip editado, quando na loja lhe disseram que estavam nesse mesmo mo mento a começar a editar o vídeo.
Pronto, nesse dia conseguimos receber o vídeo NÃO EDITADO ou seja as 6 horas de filme que fizeram no dia do casamento, sem qualquer tratamento, mas mesmo assim, só gravaram os DVDs no momento em que a minha sogra lá estava!
A partir desse dia a situação começou a ficar pior. Contactámos advogados, eles foram informados disso. O Mário ligou-me (quando há um ano que nem respondia às minhas chamadas) e disse-me que não se chamava Mário se eu não tinha tudo dali a duas semanas. E eu óptimo, vamos buscar. Claro que não cumpriu este prazo. Mesmo depois de a minha sogra ir lá à loja, ele continuou a aldrabar e a dizer vai estar pronto daqui a 5 dias e eles íam lá e não estava, etc etc.
No fim das contas, fizeram um vídeo clip com as músicas erradas. Nós enviámos os mp3 das músicas que queríamos no vídeo, ainda tenho o email, um mês depois do casamento. Durante esse ano perguntámos N vezes sobre o vídeo incluindo, se precisavam que enviássemos as músicas outra vez, não não, porque tinham tudo gravado… Mas não tinham. Fizeram algumas alterações ao vídeo e ficámos com as nossas músicas.
No fim, e na marra, conseguimos o nosso álbum, os dois pequenos para os pais, mas a qualidade fala por si. As fotografias estão péssimas. Puseram-nos a fotografia errada na capa, quando eu tive tanto cuidado e relembrar qual era a foto de capa, quando foi o próprio Mário que nos disse que ficava melhor a preto e branco (quando fomos à loja). Levámos o álbum a outro fotógrafo para conseguirmos mudar a capa, ele disse-nos que o álbum estava com tão baixa qualidade que não adiantava mudar a capa  isto dito por outro profissional, já não era só a nossa opinião. O vídeo ficou mais ou menos. Era óbvio que foi feito “em cima do joelho”. A selecção de cenas não era de todo a melhor e mesmo depois de muitos pedidos a nossa família quase que não aparecia.

Sei que me alonguei bastante mas mesmo assim, não descrevi nem metade das mentiras que ouvimos, que eram tantas que o próprio Mário se confundia e contradizia-se a si próprio. Durante este processo, conhecemos outra noiva (e outros que os contractaram) que passaram pelo mesmo, portanto não fomos um caso isolado, infelizmente.

Se estiverem a pensar contractar o Mário Monteiro, preparem-se para um saga e para gastarem MUITO do vosso tempo a pressionar para conseguirem PARTE do que pagaram.


Tátá88
Retrato de Tátá88
Offline
Desde: 07.02.2013
oh my god... que saga. Eu
Sábado, 26/07/2014 - 09:29

oh my god... que saga.

Eu prefiro jogar sempre pelo seguro, e contratar grupos que já os conheço há anos...
há opiniões diversas, mas todos os grupos que contratei fazem parte do meu crescimento... acho que não corro esse risco!

o fotografo é dos mais importantes, pois são as recordações que vamos ver para o resto da vida! Triste

OPORTOnamente
Retrato de OPORTOnamente
Offline
Fornecedor
Desde: 12.09.2013
Boa noite, Na qualidade de
Sábado, 26/07/2014 - 21:52

Boa noite,

Na qualidade de orgnizadora de eventos, estou chocada como é que ainda há gente neste ramo que só vê euros à frente e deixa o profissionalismo de lado, mesmo sabendo a importância desse dia na vida das pessoas.

Os contratos têm mesmo de ser lidos, mas quando pagamos um produto temos de o ter conforme combinado se não pode podemos pedir indemnização porque não cumprimento contratual.

Obviamente que o que passou, passou, mas fez muito bem em denunciar pessoas que não são profissionais. Com isto ajudou muitas outras noivas e a nós organizadores de eventos....e este nosso "mundinho" é pequeno.

Desejo-lhe muitas felicidades!

Cumps
OPORTOnamente Eventos

Retrato de FotoScala@sapo.pt
Offline
FornecedorApoio a Comunidade
Desde: 12.04.2010
Bastante lamentalvel o que
Domingo, 27/07/2014 - 09:23

Bastante lamentalvel o que acaba de escrever é por estes senhores que a fotografia atrave-sa uma face má mas felizmente ainda á bons profissionais e honestos trabalhar as maiores felicidades

Maria Antonia

rakelitas
Retrato de rakelitas
Offline
Desde: 17.06.2014
Estimadas Noivas e demais
Quinta, 08/09/2016 - 14:30

Estimadas Noivas e demais potenciais interessados em contratar fotografos, antes demais deixo CLARO que não tenho absolutamente nenhuma relação pessoal ou qualquer vinculo afectivo ou familiar ou mesmo profissional com o Mário Monteiro.
Pronuncio-me apenas porque me custa que não haja uma única palavra de retratação a um profissional, que poderá ter feito muita coisa mal, mas tem centenas de eventos no seu portfolio com sucesso e sem queixas!

A nível pessoal, foi fotografo no meu casamento e nos batizados dos meus filhos (e atenção moro longe de Coimbra, mas realmente a qualidade do trabalho é inquestionável!), não tenho nada a dizer, absolutamente NADA! Pelo Contrário foi proactivo, inventivo, o primeiro a enviar as provas e pressionou para que escolhessemos o material, fez entregas irrepreensiveis e inclusivé enviadas via CTT!!
FALO COM CONHECIMENTO PRÓPRIO e não com interesse!!

Não dúvido de absolutamente nada do que foi relatado, porque sei que o Mário é um fotografo requisitado, e professor de fotografia, com alunos a trabalhar para ele e a estagiar, e porque sei que tem muito trabalho e muita vonta de entregar tudo e fazer tudo, mas pouca noçao do tempo e de organização... isso implica que atenda a muitas chamadas, mas acabe por falhar a muitas promessas, porque, enfim... não se consegue fazer tudo! É um defeito que ele tenta lapidar , às vezes com melhor resposta às vezes pior ... ISTO NÃO FAZ DELE UM VIGARISTA! É uma pessoa honesta, com boa vontade mas que falha... NÃO é um aldrabão, é uma pessoa que acredita que é capaz e que vai conseguir cumprir o que promete, mas nem sempre as 24h do dia lhe chegam... e acima de tudo é um ser humano como nós: que tem esposa, filhos, problemas, e uma vida com altos e baixos e problemas de saúde para tratar, e por isso tem contratempos como TODOS nós podemos ter!!

Pensando bem, o próprio Mário, também poderia contratar "advogados" para se ver ressarcido pela ofensa pessoal ou difamação profissional... Porque não se pode só abrir a boca e dizer ... é preciso provar... e acaso tinham contrato escrito? prazos de entrega estabelecidos? excepções por causas de força maior?... Ao menos souberam porque é que aconteceu o que aconteceu?!

O Mário não é só um fotografo de bodas, é um artista de fotografia que também faz excepcionalmente bem reportagem de eventos, isso atesto com conhecimento de causa! Tenho plasmadas todas as recordações reais que queria de todos os eventos para os quais o contratei... Não são as são fotos estáticas e convencionais, são os momentos reais!
Quem quiser um fotografo de bodas, tem de escolher um e desses, ui, desses há montes, portanto é fácil!!

Também me alonguei muito, MAS PF, vejam a carreira deste senhor e as centenas de pessoas satisfeitas com o seu trabalho e não julguem por julgar e muito menos usem palavras como "vigarista" de ânimo leve, um só caso é só uma experiência não é uma chancela!

As alterações efectuadas serão aplicadas a todos os tópicos.