Dilema | O Nosso Casamento

Fórum geral

Dilema

1 entrada / 0 novo
#1 Segunda, 01/08/2022 - 06:31
Retrato de Silviapaixao
Silviapaixao
Offline
Visto pela última vez: 4 meses 23 h atrás
Desde: 01.08.2022 - 05:56

Dilema

Ola noivas
Venho desabafar algo que me deixa num cruzamento emocional dificil.
Sou divorciada, mae de 2 meninas, quando me separei fiquei sozinha com as minhas filhas e fui morar para a minha casa de solteira.
Entretanto conhecido um homem maravilhoso, divorciado com 1 filhote, querido para mim, trata me super bem, temos imensa afinidade e temos uma relação solida em que tudo corre bem de certa forma entre nos. Temos uma boa comunicação, ele trata bem as minhas filhas e nao tenho duvidas de que este é o derradeiro homem que considero o tal.
Conhecemo nos ha 6 anos e estamos a viver juntos ha 5.
Juntos ultrapassamos um cancro na minha filha mais nova na altura com 3 anos, ele foi o meu grande suporte e pilar e em nada a nossa relacao saiu beliscada.
A casa onde Moramos foi comprada por ele mas foi escolhida por ambos com o objetivo de juntarmos as famílias e termos outro conforto.
Após 5 anos de vida em comum onde tudo corre bem da nossa parte enquanto casal, a minha expetativa seria dar o proximo passo e casar de forma a oficializar a nossa uniao. Para mim é importante porque simboliza uma oficialização da nossa união.
Ele diz que quer casar mas que precisa de tempo, mas nunca me consegue dizer quanto tempo.
Ha 3 anos atras disse que em 2 anos se marcaria uma data, ao fim de 3 anos continua a não querer casar e a dizer que precisa de tempo.
Andamos nisto ha 4 anos.
Quando lhe pergunto qual é o problema ele diz que nao me sabe dar uma razão, que tenho que esperar, que a altura hade chegar... diz que tem coisas na cabeca que precisa definir mas nao me consegue dizer nem o que é nem se os vai conseguir ultrapassar e dar o passo que sabe que anseio.
Abdiquei da minha casa onde morava com as minhas filhas para me dedicar a uma vida em comum com ele, numa casa que seria para nós mas que nao deixa de ser dele a bem dizer.
Os pais dele sao pessoas superficiais e ja deixaram claro que nao querem que ele volte a casar e que a casa é dele e do filho dele, ponto.
.....
A semana passada voltei a colocar o tema em cima da mesa e à conversa continua a mesma... hade acontecer, tenho que esperar... ha coisas para definir que nao me sabe dizer o que é nem quando ou se as cai conseguir definir e marcar uma data... a mim cheira me que ele nao o quer fazer para nao contrariar os pais... o que nao me parece nem justo nem razoavel de uma forma geral...
O que mais me magoou foi perdi lhe que dentro de 5 meses se me podia entao ter uma data uma vez que esta posição dele me deixa insegura e honestamente me da um sentimento de rejeita. Sinto que tenho servido para tudo menos para ser considerada e vista como de facto esposa dele em todos os sentidos.
A resposta foi um choque p mim.
Ama-me imenso, sou a tal, é comigo que quer viver o resto da vida, sabe que esta a colocar a nossa relação em risco a ponto de me ver sair de casa.. mas nao consegue tomar a decisão de casar comigo.
Sinto me de certa forma traida e desapontada, humilhada e ate desvalorizada. O casamento apos 5 anos de vida em comum, em que somos felizes e tudo corre bem para mim é um passo obvio. A minha segurança emocional relativamente a esta relação ficou seriamente abalada e honestamente acho que mereço mais que isto.
Sinto que sou digna de tudo menos de ser considerada sua mulher de forma legal e oficial...
sirvo p aquecer a cama, para criar os nosso filhos, para manter uma casa, limpar, tratar, manter.... mas nao para ser a mulher oficialmente.
Estou triste... tenho um bocado receio de manter esta relação e de me tornar amarga em relação ao tema, sinto que me anda a engonhar para deixar o tempo correr sem ter de facto vontade de realizar a minha vontade...
Alem de que fiquei extremamente incomodada com o facto dele assumir que prefere correr o risco de me ver ir embora do que marcar uma data de uma vez por todas....

Meninas....
insisto ou desisto... porque honestamente a minha vontade é desistir.
Para ele estamos mais que assumidos uma vez que vivemos juntos, eu nao vejo assim.
Ou sou namorada, ou sou mulher.

Preciso de uma luz neste cerebro que me diga se estou errada e a ser egoista ou tenho uma razao justa para estar a considerar seriamente abandonar a casa em que vivemos juntos.