E de histórias de amor? Ninguém fala? | Page 2 | O Nosso Casamento

Fórum geral

E de histórias de amor? Ninguém fala?

67 entradas / 0 novo
Última
Terça, 06/11/2007 - 11:53
Retrato de nikaa
nikaa
Offline
Visto pela última vez: 15 anos 7 meses atrás
Desde: 26.10.2007 - 16:59

a minha telenovela começou ha muito tempo, mais ou menos ha 11 anos atras!
Então ca vai....
Era eu umaa menina com mais ou menos 11 anos quando num dia de Pascoa, familia toda junta no final do almoço surge uma questão: todos os cafes estão fechados menos um toda gente quer tomar cafe o que fazemos? Respondo eu vamos ao que esta aberto (dos pais do meu amor onde ele trabalhava ja na altura) ate porque o moço que la trabalha é bem jeitoso... Gargalhada total( toda a familia se riu e gozou comigo, mais velho do que eu um bom par de anos ainda por cima com namorada e eu era uma criança) .....
Passados dois anos mais ou menos num dia 17 de agosto, estava eu na loja da minha mae (florista) entra um irmão dele pra comprar um ramo de rosas pa namorada. bem como eu não sabia fazer pedi que voltasse mais tarde que a minha mae vinha faze-lo.... masi tarde entra o meu amor pra vir buscar o ramo do irmão (nunca tinhamos trocado uma unica palavra) e pede-me uma rosa vermelha com uma dedicatoria a dizer "com amor" bom eu preparo a rosa pa ele ele pega no ramo do irmão e na sua rosa e qual não é o meu espanto quando ele me afrece a rosa a mim.....
Nesta altura o meu amo tinha 23 anos e eu 13...
Bom a partir desse dia vivemos um amor muito inocente muito meigo muito tudo o melhor e mais forte que se pode imaginar... Afinal eu era uma criança e o que existia era muito pouco fisico so uns beijinhos que surgiram uns meses depois e nada mais.... Os meus pais como devem calcular não aperciaram a ideia e fizeram-nos a vida negra, tambem não era para menos ele tinha 23 anos e podia perfeitamente aproveitar-se da minha inocencia, mas para mim a oposição dos meus pais foi de tal forma desgastante que passado mais ou menos um ano desisti.......
A partir daqui cada um segiu a sua vida, nem mais um telefonema um sorriso um ola que fosse..
A minha vida continuou e outros namorados se seguiram ate que passados quatro anos ja eu tinha 18 anos e uma relação de quase 3 a minha vida leva uma volta. A minha relação termina e eu vou num belo domingo tomar cafe com as minhas amigas e falo sobre o meu verdadeiro amor e como me arrependo de não ter lutado por ele... o tema da conversa muda e decidimos ir no dia seguinte po S. joao.
Saimos do cafe e passa o melhor amigo de uma amiga que estava connosco com o meu amor, ao ver a amiga decide voltar pa tras pa comprimentar e essa amiga com a mania de ser casamenteira convida os dois a acompanharnos no dia seguinte ao que eles acedem... e eu super feliz
no dia seguinte la fomos todos po S. joao e toda a gente se apercebe de uma quimica que existe entre nos..
Posto a situaçõa e visto que nenhum de nos se decidia a dar o passo a frente o amigo dele vem falar comigo a pergunta-me se eu quero alguma coisa. Eu disse abertamente que sim mas não dava o passo porque sabia que o tinha magoado quando desisti dele e é então que o amigo me diz: Ele gosta bue de ti anda sempre a dizer que vai falar contigo pois não consegue viver assim! So ainda não o fez porque pensa que tu ainda andas com o teu ex e como tambem é amigo dele tem medo de se meter numa confusão.. Então eu disse-lhe pra ele lhe contar que eu ja não andava com o meu ex e ele se quiser que venha falar comigo...
Assim foi no dia seguinte aparece-me com um ramo de rosas brutal... E a partir daqui começamos a namorar e passados 2 ou 3 meses decidimos casar pois o nosso amor resistiu a muitas provas e ambos sabemos que é juntos que queremos estar.....
Estamos casados ha quase 3 anos e somos muito felizes..
Desculpem o testamento ( e não contei os promenores todos)
Beijos
Amem muito e sejam felizes....
NIKAA

Terça, 06/11/2007 - 13:28
Retrato de apaulaso
apaulaso
Offline
Visto pela última vez: 9 anos 10 meses atrás
Desde: 02.10.2007 - 14:41

A nossa história de amor... No dia 15 de Outubro de 1998, uma 5ª feira, foi o meu 1º dia de praxe. Nunca imaginei é que no sábado, dia 17, no aniversário de 18 anos da minha melhor amiga iria acontecer-me... Eu estava feliz mas triste (pois) e, estava a dançar. De repente, páro de dançar e fico a olhar fixamente para um rapaz que estava a olhar para mim com um olhar que me enfeitiçou... Pois, era o meu Rui :). Quando vi que estava ali parada no meio dos outros a dançar... Fiz cá uma figura... Nesse dia, conversamos um pouco e eu não parava de pensar nele mas, achava que a minha melhor amiga gostava dele (estão a ver o filme). Na 2ª, lá voltei à minha vida de caloira e, embora pensasse nele todos os dias, não queria pensar muito nisso. Vimo-nos 1 dia de longe mas, não lhe liguei muito. No dia 26 de Dezembro fui ao aniversário de outra rapariga e, encontrei-o lá. Esteve a ver um filme no meu ombro (imaginem: Titanic), dançamos mas, eu tentei afastar-me por medo. No dia 31 de Dezembro, fui passar a passagem de ano a casa da minha melhor amiga e, fomos a uma festa onde ele estava. Nesse dia "descobri" que ela não gostava dele mas "gostava de alguns" (ou melhor, não queria que eu gostasse de nenhum rapaz e que todos os rapazes gostassem dela). Quando ele chegou, veio cumprimentar-nos mas, antes da meia noite foi para outro grupo e, achei que ele, afinal, gostava de outra rapariga do grupo. Assim sendo, passei a passagem de ano com a minha ammiga "alegre" (eu não bebo alcoól), agarrada ao meu pescoço a chorar e eu a achar que não tinha sorte nenhuma. Depois das badaladas, fui desejar-lhe bom ano e ele, perguntou-me se já ía embora (estava com uns olhinhos...). Aí, tive a certeza que estava interessado. Acabamos por dançar, falar (todos nos deixaram "sozinhos")... No fim de contas, ele acabou por "tirar-me" um beijo. Quando fomos embora, ficamos de nos encontrar no outro dia para falarmos. Quando nos encontramos, não sabiamos o que fazer mas, lá conseguimos deixar os lábios falarem uns com os outros ;). E, embora nenhum tenha falado em namoro, nunca mais nos separamos. Fez no dia 1 de Novembro 8 anos e 10 meses. Pois, mas a vida foi um pouco "macaca" e, fez com que no ano seguinte (a 1-11-2000) ele fosse estudar para Bragança e eu, fiquei a estudar no Porto, onde já estudava no 2º ano (somos ambos de gaia). Pois, foram tempos muito complicados mas, superamos tudo. Ele esteve lá quase 6 anos... Já pensamos em casar há muito tempo (eu ainda estudava é já terminei o curso há 4 anos) mas, as possibilidades ainda não foram as melhores. No princípio do ano, achavamos que tinhamos hipóteses mas, surgiu, de novo, um imprevisto que esperamos resolver em breve. Queremos muito casar a 19 de Outubro de 2008 mas, não sabemos se vamos conseguir. No entanto, existem muitas datas e, mais tarde ou mais cedo, vamos conseguir ultrapassar os obstáculos. Entretanto, continuamos a ser felizes, como sempre fomos pois "Juntos não há estrelas que não possamos alcançar, nem sonhos que não possamos realizar". Pode não ser uma história muito romântica, arrebatadora mas, é uma história muito feliz pois, apesar de tudo, estamos juntos para tudo. Beijinhos a todos e, não esqueçam: É obrigatório serem sempre muito felizes pois, é a melhor coisa do mundo. Porque por mais triste que estejamos, a felicidade é obrigatória. Até sempre.

Terça, 06/11/2007 - 13:55
Retrato de Patricia verissimo
Patricia verissimo
Offline
Visto pela última vez: 12 anos 1 mês atrás
Desde: 27.07.2007 - 04:07

Tinha 16 anos quando me apaixonei...tive um relacionamento de 11 anos com essa pessoa...6 de namoro e 5 em viver em comum...nasceu uma filha linda!!!
Nos ultimos dois anos a relação estava a entrar em desgaste,por vários motivos...Nasceu o Fenómeno da internet e salas de "chat",ai começou o meu maior tormento...ele não saia de frente do computador´,até as refeições eram feitas lá!!!
Eu só vivia para mim e filha!!!
Mas por ironia do destino...O meu grande amor(hoje),foi o meu antigo companheiro que mo despertou!!!
Passo a contar:
O pai da minha filha,começou a falar com o meu amor numa sala de chat,mas identificou-se como se fosse eu!!!!Um dia ele chama-me e conta-me a grande "proeza" que estava a fazer e pergunta-me se queria falar com ele,pois parecia-lhe um bom rapaz!!!Começei a falar com ele pelo chat(o outro presente),mas longe de mim pensar que dali iria surgir qualquer paixão!!!
O "dito cujo" também falava...dizia que era meu irmão...Blá,Blá,Blá
Começou a ser agradável conversar com ele,tinha tido um acidente,estava em recuperação e em simultâneo sofria por uma mulher,cujo o namoro não deu certo.
Houve uma noite(não me recordo o dia),estavamos em Dezembro de 2000,chuvia imenso fiquei até de manhã a conversar com ele pelo pc...foi nesse dia que despertou um interesse em conhece-lo,mas não lhe dizia...dava a entender...desabafava situações da minha vida...ali tinha atenção que não tinha em casa!!!Deu me o nº de telemóvel,pois se quisesse ligar-lhe estava á vontade.
Passado uns dias ligo-lhe...conversamos e cada vez mais havia um interesse,agora de ambas as partes...Houve declarações mútuas,desejos e uma vontade enorme de deixar tudo para trás!!!(da minha parte)
Confesso que me sentia muito mal,pois era comprometida!!!Mas estava mesmo no mundo da lua...sentia-me desejada outra vez!!!
O meu amor achava que estava na altura de nos conhecermo-nos pessoalmente,evitava-o sempre...tinha receio!!!
Chegou o dia(20 Dezembro 2000)...mesmo sem o conhecer...fosse ele como fosse iria ama-lo,pois já me tinha conquistado!!!
Conheci-o...falamos...houve até troca de beijos!!!Era importante é que resolve-se a minha situação...mas tinha medo!!!
Sofri muito,assim como ele,não tinha coragem para acabar com o que tinha em casa,sentia-me frustrada por não dar aquele grande passo...
Liguei-lhe,disse-lhe que o amava muito,só que não valia apena apostar na nossa relação e que o melhor era deixarmo-nos de falar...choramos muito os dois!!!
E assim foi...muitas vezes ligava-lhe e não me identificava,nem falava,só queria ouvir a sua voz!!!
Em casa as coisas estavam insuportáveis...o que possam imaginar!(Cheguei a contar a minha irmã e mãe)
A minha irmã ia casar em Junho 2001...uma semana antes fomos fazer a despedida de solteira...estavamos em Lisboa.
No final da despedida houve quem não quissesse ir logo para casa e decidimos ir a uma discoteca...quando para meu espanto...estava lá ele com uma amiga...disse a
á minha irmã e mãe e logo decidimos sair dali...quando iamos para os carros,aparece ele...pergunta quem é a minha mãe e diz-lhe o que sente por mim e qual era as intenções dele...a minha mãe super envorgonhada...só lhe pedia para se calar(pois estava alterado),estavam "montes" de mulheres connosco,inclusivé uma tia do pai da minha filha!!!
Toda eu termia...só tinha vontade de ir com ele!!!
Fomos embora...a minha mãe com a tia do outro foram á casa do meu amor(não sei como souberam a morada),a minha mãe queria falar com ele e com os pais...falaram e ele não retirou nenhuma palavra que disse e quem iria decidir era eu!!!(tinha 27 anos)
Andei uns meses á "nora",com lavagens cerebrais e outros argumentos que na altura tocaram-me no coração...mas o meu amor era imenso...
Bem...acordei um dia e decidi que seria agora ou então iria ser uma frustrada para o resto da vida!!!
Liguei ao meu amor a comunicar que era hoje que resolvia a situaçao,que não passava!!!
O pai da minha filha veio almoçar a casa e conte-lhe que acabou,amava outro homem e se ele não me deixasse sair seria "corno",comuniquei os meus pais,irmã e pronto!!!
Os meus pais ficaram desolados,havia uma criança(2 anos),fui para a casa da minha mãe com a minha filha...Fui "desprezada" durante alguns meses por todos...mas estava feliz e com quem amava!!!
Passado 1 ano e meio...já tinhamos condições para viver,não o fizemos antes porque havia uma criança e teriamos de ter as condições minimas.
Estamos juntos vai fazer 6 anos,amamo-nos muito e temos uma familia linda constituda por uma filha e dois filhos(gémeos)!
E para o ano vamos casar...
Beijinhos

Ah!!E os meus pais adoram o meu amor!!!

Quarta, 07/11/2007 - 15:01
Retrato de sandragomes
sandragomes
Offline
Visto pela última vez: 10 anos 1 semana atrás
Desde: 27.09.2007 - 18:01

Ola meninas, pois entao vou contar a minha historia..

Ora bem, conheci o meu noivo num café... onde eu trabalhava na altura ( andava a estudar e a trabalhar durante a manha para ganhar umas croas). Tinha uma amiga na altura, que passava a vida a falar num rapaz, andava perdida de amores. Num sábado de manhã, estavamos nós no café a trabalhar quando entra um rapaz e ela fica a rir-se para ele e vermelha... hum... pensei logo k era o moço de quem ela gostava, entretanto depois de ela falar com ele veio ter comigo, e eu disse logo - então é o rapaz de quem gostas? e ela respondeu k não, que este era o primo dele.. hum.. como ate tinha achado o rapaz muito girinho e fofinho, fiquei logo atenta.. fiz perguntas a ela em relação a ele e tudo..
Senti na altura os nossos olhares a cruzarem se, e que podia nascer uma relação bonita, apesar de sermos jovens - ambos tinhamos 17 anos.
A verdade é que ele tinha ido lá para visitar a minha amiga, mas o que é certo é k ficou lá toda a manhã.. tomou imensos cafés e leu o jornal nao sei quantas vezes..lol..

Sei que ao fim de algumas horas, ele já sorria para mim, tinha um sorriso lindo... e maroto para ser sincera, mas eu estava encantada com ele..

Depois de pedir mais um cafe, decidi, junto com a minha amiga enviar um bilhete debaixo da chavena de cafe, a dizer " Devo de ser muito bonita, para estares a olhar para mim!" Foi logo a matar...
E ele respondeu " Por acaso até és!"
Seguiram se olhares, e a minha amiga combinou com ele a noite para se encontrar num cafe. Quando lá chegamos passado um bom pedaço chega ele, ate tremi, fiquei vermelha, a transpirar. Comprimentei-o e fiquei a falar um pouco com ele, e assim passou a noite.
No fim de semana a seguir la nos encontramos de novo no mesmo cafe, juntamente com essa amiga em comum. Ate que ele nos convidou a mim e a minha amiga se queriamos sair, ir a outro lado, ate pk tb la estava o rapaz que a minha amiga gostava e mais casais. Assim fomos, correu tudo muito bem, rimo-nos, divertimo-nos muito. Durante a viagem ele sentou se a meu lado e quando paramos o carro, toda a gente saiu, e ficamos os dois sozinhos.. ate que aconteceu o nosso primeiro beijo. Namoramos cerca de 3 meses, tudo corria bem, embora estivesse pouco tempo com ele. Ao fim deste tempo e aos poucos ele começou a deixar de dar noticias, ate mesmo deixar de estar cmg. Tudo estava a acabar, ate que acabou mesmo, embora nao tivesse havido uma conversa definitiva, embora tenta-se mas ele nao atendia as minhas chamadas, tentei tudo, lutar por ele..mas de nada adiantou!
Ao fim de algum tempo, começei a namorar com o meu ex, namoramos 2 anos, e desde k o meu noivo soube que namorava começou a andar atras de mim feito um tolinho, parece k bateu bem lá no fundo do coraçao dele. Andou sempre a tras de mim, mesmo eu dizendo para me deixar em paz, pois ja tinha uma pessoa. Com o meu ex, os problemas começaram a surgir ao fim de 1 ano de namoro, pois na altura eu trabalhava e ele ainda estudava, era mais novo do que eu 3 anos. O meu ex começou a ficar diferente cmg, ate que descobri que ele andava com uma miuda la da escola, ou seja, a trair-me.. e sabem quem me avisou disso? o meu noivo.. sei que na altura que ele me tentou avisar eu nao quiz saber e ainda o tratei mal, pois disse k ele so keria k eu acabasse o meu namoro! Sei que me dei mal, pois descobri que realmente o meu ex me andava a trair.. mas perdoei-o.. alias perdoei esta e mais outra vez.. ate que à 3ª vez nao lhe perdoei, cheguei ao ponto de deixar de gostar de mim e de achar que a culpa era minha, ate que pus um basta. Separamo-nos e eu quase que morria.. achava que nao era capaz de viver sem ele...Entretanto, o meu noivo andava sempre a fazer as investidas dele, e eu sempre a negar sair com ele, sempre a dar cortes. Durante os 3 anos k andou atras de mim, pois eu fugia a 7 pés dele, nao keria ninguem na minha vida, estava muito magoada. Embora de vez em quando la atendia as chamadas dele e respondia a algumas msg k ele me enviava, a unica coisa que rejeitava era sair com ele.
Um dia estava num cafe com uma colega e ouvi uma voz que nao me era estranha, e qdo me apercebi, vi k era a do meu noivo..cheguei ao ponto de me esconder... pois o sentimento que tinha por ele era de raiva/odio..nao sei explicar.
Quando o vi a ir embora do cafe mandei lhe uma msg para o tlm a dizer " nem ligas aos amigos". Sei que quando ia a sair do cafe, alguem me agarrou no braço e disse OLA.. ate tremi.. fiquei tao atrapalhada.. pk nao o tinha visto entrar de novo, ou seja, o tiro saiu-me pela colatra.
Convidou me logo para tomar um cafe, mas eu disse k nao podia e fui para casa dessa colega minha, que por coincidencia morava perto do trabalho do meu noivo e eu estava la todos os dias e nunca nos tinhamos cruzado, excepto nesse dia - dia 2/02/2003.
Apos a minha colega ter insistido para eu ir tomar um cafe com ele e de eu estar sempre a dizer que nao lhe queria dar esperanças lá fui nessa mesma tarde, mas com ela, ele estava todo contente por eu ter aceite o seu convite, o sorriso dele ia de orelha a orelha..tb nao era para menos, ao fim de 3 anos conseguiu um SIM da minha boca para tomar um cafe.
Esteve se bem, falamos, os 3 ( eu, a minha colega e ele) apesar de que, eu pouco abria a boca. Quando vinha embora, ele puxou-me e perg se eu no dia a seguir queria lanchar com ele, eu disse k depois lhe dizia algo. Sei que pensei tanto se havia de ir, mas tanto, que decidi ir, pk era a unica maneira de ver o k sentia meszmo por ele, se ainda existia algo dentro de mim. No dia a seguir la fui eu (3/02/2003, ele estava feliz, por me ver lá e sozinha desta vez... lol..
Conversamos, falamos no passado, no tempo que namoramos, o pk de ele ter deixado de dar noticias.. tivemos muitos temas de conversa.
A meio da conversa a cadeira dele ja estava colada a minha.
Entretanto, ele tocou no meu rosto e disse que me amava muito, que nunca me tinha esquecido, e que eu era a mulher da vida dele, para lhe dar uma oportunidade e tertarmos ser feliz.. exitei, calei-me, fikei atrapalhada e ele beijou-me. E deixei me levar.. os olhos dele ate brilhavam.. Fez juras de amor, que nunca mais me ia deixar fugir. Ao inicio eu dizia que era melhor irmos com calma, mas ele estava tao entusiasmado que me apresentou logo a familia dele. Sei que as coisas começaram a rolar e desde entao estamos juntos quase ha 5 anos, e sou muito feliz, claro que temos as nossas divergencias, mas isso faz parte de uma relaçao.
Fazemos planos em casar em 2009,mas ainda nao temos data definida, pois vamos começar com obras na casa.
So sei que o amo muito pois ele conseguiu lutar por mim sem nunca desistir e reacender a chama que estava apagada e que eu pensava que tinha deixado de o amar..
O importante é que nos amamos muito!
Esta é a minha historia, e desculpem o testamento.

Bjos
Sandra & Marco

Terça, 06/11/2007 - 18:00
Retrato de PCMS
PCMS
Offline
Visto pela última vez: 10 anos 6 meses atrás
Desde: 29.08.2007 - 18:17

Namoro à 7 anos e vou casar p o ano.

Como tudo começou...

Estudavamos na mesma escola e em 1999 foi organizado um passeio pedonal c a minha turma e a dele. Já o conhecia de vista e detestava-o, pois parecia-me um rapaz armante, inacessivel... Bem, então no tal passeio foram feitos vários jogos entre eles futebol e como adoro jogar lá fui participar. Como já deu p perceber joguei contra ele. Ñ é q no decorrer do jogo, ele dá me um valente empurrão, rasguei as calças e ainga me magoei!!! Lembro-me q lhe chamei estúpido, mal formado, disse-lhe tantas... Coitado, ele ficou paralisado a olhar p mim, tratou de arranjar agua p lavar o joelho e mostrou-se mt preocupado. Entretanto envolvemo-nos em mais jogos, sempre um contra o outro. (sempre houve rivalidade entre o meu curso e o dele)
Lá passou o dia...

Passado uma semana houve uma visita de estudo e lá andava ele. Veio ter cmg e perguntou se tava melhor do joelho.
E eu sempre a querer distância dele.No final do ano lectivo houve um passeio à quinta das lágrimas e foi aí q ele veio ter cmg e disse-me q tava interessado em me conhecer melhor. Flamos no autocarro e prtir desta conversa comecei a ver q eu estava errada em relação a ele. Viemos de férias. Qd começou o novo ano lectivo ele veio ter cmg p saber como correram as férias e aí sim,fiquei surpreendida. Pensei q ele já nem se fosse lembrar de mim. Em Novembro apresentamos a festa de S. Martinho juntos (um caldinho q nos fizeram) m ele nesta altura andava c uma rapariga só p tentar provocar qq reacção em mim, e o q é certo é q mexeu cmg m ñ o demonstrei. Lembro-me q ele me pediu um beijo antes de irmos apresentar a festa m a suposta namorada dele chegou e disse-lhe q ñ o queria verperto de mim. O tempo foi passando, o "namoro" dele c a tal rapariga durou semanas. Na semana do natal antes de irmos de férias foi feito na escola o "amigo secreto" e ele aproveitou p escrever me uma carta m identificada. Fomos de férias e qd regressamos ás aulas ele mal me falava e aí fui eu q fui ter c ele e disse-lhe q poderiamos começar por sermos amigos. Estava completamente errada em relação a ele. Sempre se mostrou uma pessoa correcta, simples, mt meigo, interessado e tímido. No Carnaval de 2000 aconteceu. Estava apaixonada por ele. Foi uma inicio de namoro mt atribulado. Chegou o final do ano lectivo e o final do curso. Tudo se tornou incerto. Ele era de Guimarães e eu da Trofa, como poderiamos tar juntos se nenhum de nós tinhamos carta, os transportes públicos ñ passavam na minha freguesia ao fim de semana? Fomos suportando isto durante quase um ano, através de cartas, telefonemas, encontravamo-nos de vez enquando graças a uns amigos dele e a uma amiga minha. Foram tempos mt dificeis. O nosso amor suportou. Dp de tudo isto e passados 7 anos decidimos casar. Temos a certeza q é isto q queremos. Hoje, tenho a meu lado um verdadeiro cavalheiro, homem trabalhador, meigo e mt meu amigo. Sabe ouvir, ajuda-me em tudo, tá sempre a meu lado. Penso q ele tb ñ tem queixa de mim, pois sei por amigos dele q sou tudo p ele e ainda tenho amigos dele e meus q me interrogam como é q aguento a falta da tempo q ele tem p mim. Ele trabalha mt e tem futebol ao domingo... Aguento tudo por ele, simplesmente.

É o amor...

Terça, 06/11/2007 - 22:23
Retrato de Dolphina
Dolphina
Offline
Visto pela última vez: 12 anos 5 meses atrás
Desde: 20.08.2007 - 19:26

Bem, vou resumir pq senão... (tenho uma memória de elefante e se começo a desbobinar não páro...)

Conheci o meu mais-que-tudo na faculdade, no dia do rally das tascas (nem eu nem ele bebemos). Conheci-o um pouco melhor no dia do jantar do caloiro, em q eu e o meu namorado da altura lhe demos boleia.... (a vida tem cada uma...)
Eu namorava com outra pessoa e ele tb, por isso n se passou nada. Durante uns meses foi assim: colegas de curso, em turmas diferentes, e a fazer as viagens de combóio juntos (entre a Trindade e o Castêlo da Maia)-com mais colegas.
Entretanto ele acabou o namoro dele, e o meu tb acabou (n por minha iniciativa). Eu fiquei na m**da e isolei-me um bocado (cheguei a pesar 48kg, e na altura o meu peso já n costumava baixar dos 52/53).
À medida q o tempo foi passando vários colegas nossos arranjaram carro e por isso deixaram de fazer a viagem de combóio, e isso levou a outro tipo de conversas.
Tanto conversámos, tanto conversámos, q um dia ele disse-me q queria falar comigo. Topei logo o q era pq já me tinham dito isso uma vez. Deixei-o falar mas disse-lhe q n queria nada com ninguém. Só q o "bichinho" já lá estava e começou a fazer estragos-quer dizer, eu comecei a notar os estragos...
Comecei a dar-lhe trela, mas nessa altura ele já me tinha dito q se queria afastar de mim para esquecer o q sentia e voltarmos a ser amigos. (Ainda bem q continuei a chateá-lo...)
Dp de um "ultimato" dele, lá começámos a namorar, curiosamente num dia em q a ex dele estava na nossa faculdade, e q, sem sequer ter falado com ela, me fulminou com o olhar-deve ter percebido alguma coisa...

Já lá vão quase 10 anos de namoro e nos últimos 4 tb já contamos anos de casamento...

Sábado, 24/11/2007 - 11:28
Retrato de teresa ferreira
teresa ferreira
Offline
Visto pela última vez: 12 anos 6 meses atrás
Desde: 24.09.2007 - 22:04

de onde sera que conheço a tua historia?????
Muitas Felicidades!

Teresa £ carlos
22-11-2008

Segunda, 26/11/2007 - 11:44
Retrato de Teckas
Teckas
Offline
Visto pela última vez: 16 anos 3 meses atrás
Desde: 02.11.2007 - 17:41

Hoje passado 8 anos ainda nos ri-mos da nossa "historinha", mais pareceu um filme de cowboys em plena "calçada de carriche".

Já tive várias situações embaraçosas mas esta foi sem duvida a que vou recordar para sempre:

Numa segunda feira cinzenta, algures no mês de Fevereiro à 8 anos atrás, ia no meu carrinho lindo(importante referir tinha saido do stand á duas semanas...novinho) em pleno transito da calçada de carriche quando de repente, alguem me dá um toque na parte de trás.

No momento nem tive reacção, senti uma furia enorme, para além de ser segunda feira, estar um tempo terrivel e atrasada para a faculdade, só me deu vontade de apertar o pescoço á primeira criatura que me aparece-se pela frente.

Quando sai chovia torrencialmente, apareceu um rapaz com mais menos 5 anos a mais que eu, mt alto e moreno, com um chapeu de chuva. Comecei a refilar a bom tom se ele precisava de "oculos" ou se "não tinha água em casa para lavar bem os olhos de manhã",(etc etc)..

Tenho que admitir que de manha tenho mau feitio, e as vezes uma "mosca" é o suficiente. Sou escorpião, é capaz ser disso (eh eh).

Ele sempre mt calmo, a dar-me razão....
Bem mas o pior e o que mais me enfureceu foi ele sempre na sua paz, a perguntar se estava bem e a tapar-me com o chapeu de chuva.

Para ser sincera ate me faltou a energia para continuar,não estava à espera daquela atitude,ainda mais com um "borracho" daqueles, ate perdi as forças para refilar mais.(eh eh )

Depois de ver-mos bem,os carros não tinham nada, despedimos-nos educadamente e seguimos.

Bem ate aqui nada de mais, continuava "solteira e boa rapariga".

Passado mais ou menos um mês, acordei de manhã, com uma dor terrivel na barriga, fui levada para o hospital de Sta Maria, onde fui operada de urgência ao apendice.

Estava eu na sala de recobro, ainda meio "anestesiada", quando oiço uma voz de fundo a dizer "Ainda tem vontade de me bater?"...pois bem, o homem de bata branca que estava ao fundo da cama de olhos atentos era nada mais nada menos que o RAPAZ DO TOQUE.

O destino por vezes prega-nos partidas bem grandes, e conversa puxa conversa, os pais dele são da terra dos meus, o irmão dele andava na mesma faculdade que eu, ele inclusivé já tinha jogado à bola com o meu irmão...blá blá e...A partir dai, não foi preciso mais incidentes para ficarmos juntos.:)

Eu sou de artes meio aérea, ele mt mais calmo,somos os opostos que se complementam bastante bem

Após 7 anos de namoro,mt amor,amizade e companheirismo sei que ele é o TAL.

Vamos casar a 19 de Abril de 2009.
Beijinhos e Felicidades para todas
São e Jorge

Segunda, 26/11/2007 - 16:24
Retrato de smendes
smendes
Offline
Visto pela última vez: 7 anos 5 meses atrás
Desde: 08.11.2007 - 11:44

Bem, sigo as vossas pisadas e deixo aqui minha história resumida...

Conheci o meu marido à 9 anos na praia de Espinho. Foi a 1ªa vez que fui para lá com uma amigas. Nessa altura estava a passar um mau momento porque a pessoa com quem namorava tinha desaparecido do mapa sem dizer nada. Eu estava à beira da água quando ele começou a meter-se comigo. Acabámos por conversar e marcar novo encontro na praia. A partir daí ele começou a dar a entender que queria mais alguma coisa mas eu não. Até que acabei por aceitar namorar com ele, mas que seria uma tentativa porque estava fragilizada com o que me tinha acontecido. Bem, essa tentativa acabou em casamento. 3 anos depois de namorarmos ele pediu-me em casamento à moda antiga. 1º pediu autorização aos meus pais, foi no dia de Páscoa. Escusado será dizer que ficou tudo a chorar.

Durante o namoro recebi uma carta da pessoa que tinha namorado anteriormente a dizer que tinha ido para a Austrália e que queria falar comigo para reatarmos. Eu nunca lhe respondi e mostrei a carta ao que é hoje meu marido para não lhe esconder nada. Posso dizer que ele foi o meu 1º grande amor, mas o Rui, meu marido é a pessoa ideal.

Estamos casados á 5 anos e claro que temos as nossas desavenças, mas estou muito feliz com a escolha que fiz.

Bjs a todas,

Sandra

Segunda, 26/11/2007 - 16:54
Retrato de Tucha77
Tucha77
Offline
Visto pela última vez: 6 anos 6 meses atrás
Desde: 19.10.2007 - 14:14

Agora eu... :D

Eu conheci o Hélder na noite de Carnaval, em Torres Vedras, isto o ano passado.

Mascarei-me de Vampira e combinei com os meus amigos de irmos "vadiar" para Torres Vedras, sitio onde nunca tinha estado, pelo menos nesta altura.

Bem, o "Moço" apareceu mais tarde, com outro amigo e a partir dai começamos a falar... falámos alguma coisa lol, mas houve mais trocas de olhares do que conversas, confesso... :D

Com tanta troca de olhares, deu-nos um CLIK... passado 2 dias fomos ao cinema e passada uma semana, já namorávamos... :D

Até agora sentimo-nos muito felizes, para mais que no (passado) dia 23 de Junho, nasceu a nossa filhota, de seu nome Carol(ina) (foto em anexo).

E é esta a nossa história... ;)

Bjs,

Sónia.

Nota: Sempre fiquei a pensar... como ele se apaixonou por uma "Vampira"... eheheheh

Anexos da mensagem: 
  • DSC06204.JPG
Segunda, 26/11/2007 - 17:02
Retrato de Patricia verissimo
Patricia verissimo
Offline
Visto pela última vez: 12 anos 1 mês atrás
Desde: 27.07.2007 - 04:07

Amiga...mas resultou!!!
Pois têm uma linda "vampirinha"!!!:)
Desejo-vos tudo de bom...a sério!!!
Que Deus vos proteja sempre!!!
Bejinhos

Segunda, 26/11/2007 - 20:11
Retrato de noiva12julho
noiva12julho
Offline
Visto pela última vez: 13 anos 1 mês atrás
Desde: 12.07.2007 - 19:52

olá meninas,
comigo aconteceu o seguinte: tinha tido uma relação de 2 anos e meio bastante atribulada com uma pessoa de que, apesar de gostar muito, sentia que nao iamos resultar pois eramos muito diferentes, com objectivos de vida diferentes, pensamentos diferentes e estilos de vida que nada tinham a ver um com o outro... apesar de eu ver isso, nao tinha coragem de terminar pois gostava muito dele, ate que um dia ele termina comigo, foi muito mau, estive muito mal, fiquei doente, emagreci muito... mas decidi arrebitar e inscrevi-me num ginasio. comcei a ter aulas de aerobica e comecei a falar muito bem com a professora, ela era muito simpatica e querida e muito parecida comigo! começamos a sair e a divertirmo-nos imenso juntas, uma vez que ela tb estava a passar uma fase bastante complicada, entao apoiavamo-nos as duas! ate que um dia, ela trouxe o irmao para sair connosco... um rapaz maduro, 7 anos mais velho que eu e tao timido...lololl chamou-me a atençao mas eu nao queria aceitar um novo amor pois ainda estava muito magoada e tinha muito medo de me magoar de novo. mas continuamos a sair, eu comecei a descobrir coisas muito bonitas nele e ... estamos juntos ha 2 anos e 2 meses, ja vivemos juntos a 8 meses e vamos casar para o ano, e estamos muito felizes! ah! e a professoara de aerobica agora é minha cunhada!!! LOLOLLL

Segunda, 26/11/2007 - 21:26
Retrato de teresa ferreira
teresa ferreira
Offline
Visto pela última vez: 12 anos 6 meses atrás
Desde: 24.09.2007 - 22:04

bem no seguimento das vossas historias deixo qui tb a minha...
bem ja la vao 4 anos e qualquer coisa quando conheci o carlos,nessa altura eu namorava,um relacionamento nao muito saudavel e que nessa altura acabou.
Entao la estava eu solteirinha e boa menina....o carlos era meu colega de trabalho,mas nunca tinhamos falado apenas tinhas amigos em comum...um belo dia um desses amigos apresentou nos bem assustei me emenso quando soube a idade dele...hihih meu deus era mais novo que eu 2 anos tinha ele nessa altura 17 anitos ...
começamos a falar...e um dia um amigo nosso ofereceu me um kinder bombom(posso dizer vos que eu adoro chocolate),disse eu a esse nosso amigo:
"quem me da chocolates conquista me o coraçao"
bem esta frase ia mudar a minha vida amorosa,o carlos ouviu eu a dizer isto e quando saimos uma vez todos juntos ele ofereceu me imaginem so uma tablete gigante da nestle....
apos mais algumas saidas,uns beijos roubados estava tudo muito bom ate que me surgiu uma oportunidade de ir trabalhar para Espanha,quando lhe contei, ele pediu me para nao ir e para assumirmos o nosso namoro, e entao eu aceitei.
Apartir daqui tudo foi muito rapido...tinhamos mais ou menos 7 meses de namoro quando começamos a viver juntos, hoje ja la vao 4 anos ainda somos colegas de trabalho,namorados,amigos...um companheiro a valer o homem da minha vida.
vamos casar para o proximo ano a 22-11-2008, que é a nossa data, o inicio do nosso namoro, no dia do nosso casamento faz 5 anos que estamos juntos e posso vos garantir que foram os 5 melhores anos da minha vida ate hoje.
Compramos casa, fizemos vida e agora so nos falta oficializar tudo, que sera para o ano.

Bem a minha historia é esta.
Beijinhos para todas e muitas felicidades

Teresa £ carlos
22-11-2008

Segunda, 26/11/2007 - 21:35
Retrato de MCoelho
MCoelho
Offline
Visto pela última vez: 10 anos 1 mês atrás
Desde: 15.10.2007 - 21:30

Ora aqui vai a minha!

Conheci o meu noivo na faculdade em 2000 e a coisa não correu mt bem ao inicio pq o rapaz achou por bem ignorar-me umas qts vezes. Como comecei a "picar-me" por ele não falar mt comigo, pensei, "ora se calhar isto deve querer dizer alguma coisa!".

Uns tempos depois atirei-me descaradamente a ele :), não o larguei até ele me conhecer como deve de ser e aos poucos fomos construíndo uma bela relação. Passámos grande parte das aulas a falar sobre nós e o curso, supostamente de 4 anos, foi concluido em 5! Mas aprendi muito mais do que inicialmente esperava na faculdade e especializei-me na melhor disciplina de todas!!!!

Começámos a namorar ainda no primeiro ano da faculdade, em Maio de 2000.

Entretanto, lá pelo meio terminei o namoro uma vez graças à "ajuda" dos supostos amigos mas depressa me apercebi do erro e mais uma vez, colei-me a ele até ele me aceitar de volta, o que aconteceu pouco tempo depois.
Desde aí largámos quase todos os amigos e só ficaram os verdadeiros!

Acima de tudo somos grandes amigos e a 10 de Maio de 2008, casamos, exctamente 8 anos depois do primeiro beijo, em que ele se teve de encostar à parede de um anfiteatro, não pelo meu peso, mas sim porque as pernas tremiam como varas verdes...

Bjs e felicidades para todas!

Segunda, 26/11/2007 - 22:06
Retrato de vera82
vera82
Offline
Visto pela última vez: 13 anos 4 meses atrás
Desde: 12.11.2007 - 22:50

Eu e o Ricardo conhecemo-nos em miudos, quando eu ía para casa da minha tia (na terra dele) e todos na aldeia diziam que éramos namorados! Quando fomos para o 5º ano ele pediu-me para namorar e eu não sabia que isso incluia beijinhos. Depois do 1º beijo e a morrer de vergonha porque todos os colegas estavam a espiar-nos disse-lhe que não queria mais nada com ele! No ano seguinte eu mudei de escola e já no secundário (no 10º ano) ele ficou amigo dum vizinho meu e apareceu no meu café. Engraçado como ao fim daqueles anos e daquela brincadeira o nosso olhar cruzou duma maneira especial. A atracção renasceu, naceu, voltou...como quiserem:) começamos a namorar no dia 27 de novembro de 1997, num daqueles bailes da aldeia e portanto, amanhã fazemos 10 anos de namoro:) Como é possível que tenha passado tão depressa? Passamos a crise dos 4 e dos 7:) e hoje estamos mais felizes do que nunca. Fui pedida em casamento em Cuba, a beira mar, ao som do "Beja-me mucho"e vamos casar dia 12 de Julho de 2008 e sinto que crescemos muito os dois, enquanto casal. Estamos ansiosos para partilhar totalmente a vida a dois e disfutar ainda mais do amor que nos une;)
beijinhos para todas e muitas felicidades!

Segunda, 26/11/2007 - 23:00
Retrato de Bárbara Azevedo
Bárbara Azevedo
Offline
Visto pela última vez: 13 anos 2 sem atrás
Desde: 19.06.2007 - 11:43

Hello,

Nós conhecemo-nos em Madrid em outubro de 2001, num curso de formação que fizemos os dois por trabalho...o meu namorado é espanhol e de inicio não nos entendiamos...Lol!!! Eu não falava español, ele não falava português, mas ficamos no mesmo grupo de trabalho e como bem se diz...a necessidade aguça o engenho!! Saiamos por Madrid juntos em grupo e sem nos entendermos muito bem demo-nos conta que gostávamos das mesmas coisas e começamo-nos a aproximar...

E até hoje!!!!

B.
Setembro 2008