Lua-de-mel em Marraquexe – Marrocos

Marraquexe – Marrocos

Cidade de muita admiração, frequentada pelos artistas de outros tempos e pelos da atualidade. Uma cidade pungente onde as especiarias, a arquitetura, as cores, os bazares, souks, e uma Medina bem antiga, estão rodeadas por paredes que datam do século XII.

O que necessitam saber

Necessitam de ter passaporte válido pelo menos 6 meses a partir da data de entrada. Fala-se em árabe, francês e algum espanhol. A moeda usada é o dirham. Marraquexe fica a 45 minutos de outra cidade imperial: Casablanca.

Transporte

Na cidade têm à disposição autocarros e táxis. Se optarem por alugar um carro, o ideal é terem alguma cautela com o trânsito e com as multas.

Melhor altura para visitar Marraquexe

A melhor altura do ano para visitar esta cidade, será em qualquer altura menos durante o Verão, porque é uma cidade muito quente com temperaturas que rondam uma média de 38ºC.

Os melhores preços são praticados nesta época, de Julho a Setembro. Se desejarem presenciar o Festival das Artes que celebra a arte e as tradições locais, devem marcar a viagem para o mês de Julho.

O que fazer em Marraquexe

Visitem os palácios

Esta cidade pertence às cidades imperiais tendo, portanto, fantásticos palácios: Palácio LaBahia, utilizado para filmar o famoso filme “Lawrence da Arábia”; Dar Si Said é atualmente o Museu das Artes Marroquinas; o Palácio ElBadi que data do século XVI, tendo sido outrora o mais grandioso de todos, mas que atualmente apenas restam ruínas. Outro palácio, mas que serve uma função diferente, são os túmulos Saadian: dois mausoléus adornados que jazem num lindo jardim.

Passeiem pela antiga Medina

A Medina é a parte mais antiga da cidade que está rodeada pelas muralhas do século XII. Um passeio por estas ruas e sentirão que estão noutra época. Esta zona manteve-se quase intacta durante a passagem do tempo. Poderão ouvir o chamar para a reza feita a partir da grande mesquita KoutoubiaMinaret, sentir o cheiro das especiarias, do chá de menta marroquino, do pão fresco acabado de cozer... Este lugar que pertence ao Património Mundial é deveras um local onde o tempo não passou.

Façam compras

Se gostam de fazer compras, ou não, passeiem pelos souks, ou seja, pelos mercados. As cores, os aromas e a vida destes mercados são motivos mais do que suficientes para visitarem estes locais emblemáticos de Marraquexe. Os preços são quase todos regateados, por isso, nem que existam preços à mostra não devem ter problema em fazê-lo, e não desistam, porque os vendedores fazem isto diariamente. Podem encontrar desde especiarias a tapetes, artesanato marroquino, joalharia, cerâmica, peles, tecidos, roupas, e tudo o que possam imaginar.

Entrem nas mil e uma noites

À medida que o sol se põe na praça Djemaa el-Fna, uma espécie de praça da vila, e as lanternas iluminam a animação dos protagonistas, esta zona da cidade rebenta com uma nova vida. Nesta praça poderão ver cospe-fogo, acrobatas, dominadores de macacos, artistas de tatuagens henna, encantadores de serpentes, curandeiros, mágicos, contadores de histórias e até pessoas simplesmente lunáticas que fazem de tudo para chamar a atenção dos espetadores. 

Visitem o jardim Majorelle

Este espaço Arte Deco foi idealizado pelo pintor Francês Jacques Majorelle, e inclui uma casa e um belo jardim botânico, onde estão espécies de plantas de todo o mundo, que ele colecionou ao longo da sua vida. Este jardim abriu ao público em 1947, e desde então Yves Saint Laurent e Pierre Berge contribuíram para preservar o idílico local.

Joguem golfe

Se gostam de golfe, então saibam que Marraquexe pode ser um fantástico local para o praticar. Excelentes campos de golfe a ótimos preços. Têm o campo La Palmeraie Golf com inúmeros bunkers, sete lagos, fairways de Palmeiras alinhadas; o Royal Marrakech Golf Club era um dos favoritos de Churchill e de Eisenhower, oferece um excelente setting entre eucaliptos, laranjeiras e arciprestes; o novo Amelkis Golf Club, um campo estilo Americano, com uma paisagem extraordinária que inclui a bela vista do Atlas, emoldurada por palmeiras e oliveiras.

Fora de Marraquexe

O sopé da Cordilheira dos Andes está apenas a 30 minutos de Marraquexe. Se pretendem fazer uma visita ou até passar uma noite nesta zona, existem muitos locais de interesse para visitar como mesquitas antigas, souks, vilas nas encostas e vistas de cortar a respiração. Se gostam de caminhadas poderão fazer uma. Podem passar a noite no acolhedor hotel La Roseraie, que tem belos jardins, uma vista fantástica para as montanhas, piscinas interior e exterior e até passeios a cavalo. 

Artigos relacionados

Lua de mel em Nova Iorque
Quer seja a primeira vez que visitam a grande NY ou seja apenas uma das inúmeras vezes que o fizeram, optar por Nova Iorque para...
Se desejam momentos românticos debaixo do sol em ilhas desertas, com um oceano de águas turquesa, onde mergulhar é um deleite, e...
Japão, um país distante, e que pode ser simplesmente um local inesquecível para uma viagem a dois em lua-de-mel. A distância...
Lua-de-mel na Grécia
 A Grécia tem tudo: sol, cor, mar, praias, comida fantástica e cultura. Este local é um excelente destino para viajar em lua-de...

na galeria

  • Bolo casamento colorido

Ferramentas