Sem respostas
amonicamarinho
Retrato de amonicamarinho
Offline
Desde: 30.06.2014
Empresa de fotografos CASAR.COM a evitar
Segunda, 22/02/2016 - 21:26

Tenho uma pessíma experiência com o fotografo SERGIO GRANADEIRO, da empresa CASAR.COM!

Conhecemos o filho do Sr. Sérgio na visita à quinta onde nos casamos. Apresentou-se como fotojornalista e mostrou-nos um álbum de uns noivos que nos agradou pelas posses naturais com enquadramentos muito bonitos. Antes do casamento, contactei o fotografo tendo frisado novamente que queria fotos com as expressões dos convidados com tudo menos posses e enviei por e-mail o género de fotos que queria, caso a minha descrição não fosse suficiente.

No dia de casamento, aparece o Sr. Sérgio Granadeiro e não o seu filho, tal como tinha sido combinado. Não houve qualquer justificação para este sucedido. Durante o casamento, o Sr. Sérgio fazia dos convidados fantoches com posses antiquadas, o que sempre dizemos que não queríamos. Para além disto, fui encontrar algumas vezes o fotografo sentado, sendo que tive que o ir chamar para tirar fotografias!!! Ele explicou que estava cansado por problemas de saúde, o que eu compreendi, só não é compreensível ir trabalhar doente (normalmente quando me acontece, fico de baixa!)

Posteriormente, ao casamento e depois de alguma insistência, recebi as fotografias por email. Em algumas as cabeças estão cortadas, os pés não aparecem, as fotos da cerimónia aparecem quase todas com o mesmo ângulo, há poucas fotos com expressões naturais... Foi uma desilusão! Quando o contactei referindo esta minha tristeza, o Sr. Sérgio reagiu de forma arrogante e mal-educado, dizendo "o meu trabalho está perfeito".

Para o video tivemos que escolher 3 musicas, as quais enviamos por email. Quando fui à loja buscar os dvd's e o album, o Sr. Sérgio colocou o video para o vermos juntos. Fiquei muito surpresa quando depois de 5 meses à espera do filme, este é com musicas que eu nunca escolhi e que nem gosto. O Sr. Sérgio em resposta à minha indignação, retira o dvd do leitor, da-mo para a mão e expulsa-me da loja.

Em relação ao pagamento, combinamos inicialmente este só ser realizado quando recebêssemos as fotos e os vídeos mas dias antes do casamento, o Sr. Sérgio exigiu-nos que 50% do total fosse prontamente pago. Quando fomos buscar o álbum (3 meses depois do casamento) pagamos o restante e pedimos o recibo, o que só nos seria dado se pagássemos mais 23% do IVA, informação nunca antes dada!!!

O casamento é um dia maravilhoso das nossas vidas e o seu registo é essencial para mais tarde o recordamos, bons momentos estes que a empresa CASAR.COM não é capaz de captar!