Passos para o processo do casamento católico

Antes de poderem efetivamente casar pela igreja católica devem proceder a diversos passos para que possam celebrar o casamento. O casamento católico tem efeitos civis; devido a este facto é composto por duas partes: a parte relativa à igreja que deve ser tratada na paróquia da noiva; e a parte civil tratada na Conservatória do Registo Civil.

Assim sendo deverão tratar do processo de casamento em dois locais distintos:

Na paróquia da noiva

Marquem uma reunião com o padre da paróquia da noiva para decidirem a data do casamento, e serem informados de todos os documentos necessários para o casamento. Tradicionalmente, deverão tratar do processo de casamento na paróquia da noiva, embora possa ser tratado na paróquia do noivo - se lá for celebrado o casamento. O casamento poderá ser celebrado na paróquia do noivo, mas para tal deverá ser obtido o consentimento dos respetivos párocos para o fazer. Independentemente de onde decidirem casar, o processo de casamento deverá ser tratado na paróquia onde se vai realizar o casamento.

O processo religioso deverá ser iniciado pelo menos 1 mês antes do casamento. Para tal só é necessário o Bilhete de Identidade dos noivos, as respetivas Certidões de Batismo e Atestados de Estado Livre (para confirmarem que não estão casados com outras pessoas). Os Atestados de Estado Livre serão facilmente obtidos através da paróquia que organiza o processo. Depois de preenchidos os impressos, os editais serão afixados na paróquia e ficarão a "banhos" (ou seja, expostos ao público) durante oito dias. Durante esse período, e autorizado o casamento pela conservatória, o padre também irá averiguar se há ou não outros impedimentos.

Não existindo impedimentos, o casal será convidado a participar em sessões de preparação para o matrimónio – CPM .  Estas sessões são frequentadas por outros casais em preparação para o matrimónio, e presididas por casais já casados que partilham a sua experiência.

Relativamente à celebração da cerimónia será necessário testemunhar o ato, e para tal será necessário apresentar 2 testemunhas chamadas de padrinhos.

Após a celebração do casamento, o padre enviará um comunicado do casamento à Conservatória do Registo Civil, que ficará averbado à certidão de nascimento.

Na Conservatória do Registo Civil

O processo civil trata-se na Conservatória do Registo Civil. Para tal é necessário levarem os bilhetes de identidade; em algumas Conservatórias que ainda não estejam informatizadas serão também necessárias as certidões de nascimento. Este processo só se poderá iniciar 6 meses antes do dia do casamento, e nunca antes, pois as conservatórias não o permitem. Atualmente também já o poderão fazer online, pois já o é permitido.

Artigos relacionados

Procurar um local para a recepção do casamento, quer seja entre quintas para casamentos, um hotel, ou um belo jardim, implica...
Noivos a caminhar pela neve
Se a vossa ideia de um bom momento é uma cabana nos Alpes com uma aconchegante lareira e uma caneca de chocolate quente para...
Não deixem que o dinheiro ou questões financeiras dominem o tema das vossas conversas ou os vossos principais interesses. O...
noivos
Desejam que os vossos convidados exclamem de agradável surpresa na altura de receber os convites? Não seria demais...

na galeria

Ferramentas