Passos para o processo do casamento católico

Antes de poderem efetivamente casar pela igreja católica devem proceder a diversos passos para que possam celebrar o casamento. O casamento católico tem efeitos civis; devido a este facto é composto por duas partes: a parte relativa à igreja que deve ser tratada na paróquia da noiva; e a parte civil tratada na Conservatória do Registo Civil.

Assim sendo deverão tratar do processo de casamento em dois locais distintos:

Na paróquia da noiva

Marquem uma reunião com o padre da paróquia da noiva para decidirem a data do casamento, e serem informados de todos os documentos necessários para o casamento. Tradicionalmente, deverão tratar do processo de casamento na paróquia da noiva, embora possa ser tratado na paróquia do noivo - se lá for celebrado o casamento. O casamento poderá ser celebrado na paróquia do noivo, mas para tal deverá ser obtido o consentimento dos respetivos párocos para o fazer. Independentemente de onde decidirem casar, o processo de casamento deverá ser tratado na paróquia onde se vai realizar o casamento.

O processo religioso deverá ser iniciado pelo menos 1 mês antes do casamento. Para tal só é necessário o Bilhete de Identidade dos noivos, as respetivas Certidões de Batismo e Atestados de Estado Livre (para confirmarem que não estão casados com outras pessoas). Os Atestados de Estado Livre serão facilmente obtidos através da paróquia que organiza o processo. Depois de preenchidos os impressos, os editais serão afixados na paróquia e ficarão a "banhos" (ou seja, expostos ao público) durante oito dias. Durante esse período, e autorizado o casamento pela conservatória, o padre também irá averiguar se há ou não outros impedimentos.

Não existindo impedimentos, o casal será convidado a participar em sessões de preparação para o matrimónio – CPM .  Estas sessões são frequentadas por outros casais em preparação para o matrimónio, e presididas por casais já casados que partilham a sua experiência.

Relativamente à celebração da cerimónia será necessário testemunhar o ato, e para tal será necessário apresentar 2 testemunhas chamadas de padrinhos.

Após a celebração do casamento, o padre enviará um comunicado do casamento à Conservatória do Registo Civil, que ficará averbado à certidão de nascimento.

Na Conservatória do Registo Civil

O processo civil trata-se na Conservatória do Registo Civil. Para tal é necessário levarem os bilhetes de identidade; em algumas Conservatórias que ainda não estejam informatizadas serão também necessárias as certidões de nascimento. Este processo só se poderá iniciar 6 meses antes do dia do casamento, e nunca antes, pois as conservatórias não o permitem. Atualmente também já o poderão fazer online, pois já o é permitido.

Artigos relacionados

Procurar um local para a recepção do casamento, quer seja entre quintas para casamentos, um hotel, ou um belo jardim, implica...
Padre a realizar cerimónia de casamento religioso
Quer optem por casar no civil ou pelo religioso o resultado final legal é sempre o mesmo, a única diferença é que a cerimónia...
Imaginem   um dos cenários mais românticos e relaxados que conseguirem para a celebração de um casamento... Existe uma...
Um casamento chique e glamoroso não significa de todo o casamento mais caro de sempre. Um casamento chique e glamoroso pode ser...

nos fornecedores

Organização de eventos. Desde a gestão de orçamento, passando...

na galeria

Ferramentas