Lua-de-mel na Toscânia – Itália

Toscânia – Itália

A Toscânia é a verdadeira zona luxuosa de Itália, não pelas marcas conhecidas, ou pela riqueza financeira, mas sim pela paisagem, ambiente e fantástica comida. A Toscânia é o berço da Renascença – a sua paisagem inspirou pintores como Leonardo da Vinci e Raffaelo Sanzio, com os seus verdes vales, as suas colinas, as vinhas e os montes de oliveiras. A arte do século XV ainda hoje se mantém.

O que necessitam saber

A língua falada na Toscânia é o italiano, a moeda é o euro. A sua capital é Florença. Muitos restaurantes estão fechados na altura do Natal, durante a primeira semana de janeiro e durante grande parte de agosto. Muitas lojas fecham entre as 13:00 e as 17:00 horas. Os restaurantes são mais movimentados entre as 20:00 e as 21:00 horas.

Melhor altura para viajar até à Toscânia

O melhor clima surge em setembro e outubro. Julho e agosto são os meses mais quentes e mais húmidos. A maior enchente de turismo acontece de maio a finais de setembro.

Os melhores preços conseguem-se no inverno, no início da primavera e no final do outono.

Eventos culturais

Os eventos mais populares da Toscânia são a Regata di San Ranieri, onde existem corridas de barcos e carregos alegóricos flutuantes no rio Arno. Este evento acontece em Pisa em junho. O Torneio dos Sarracenos acontece no primeiro domingo de setembro em Arezzo; e o Corsa del Palio, uma corrida de cavalos animada à volta da Piazza del Campo no Siena, acontece no verão.

Comida italiana

Se estão em Itália, especialmente na região da Toscânia, têm de apreciar a gastronomia italiana! Deixem o relógio em casa e preparem-se para se deliciarem com alguns dos melhores pratos italianos. Esta região é rica em alimentos frescos, e nada como um piquenique com produtos italianos frescos como tomates, queijo, enchidos, pão fresco, azeitonas e um bom vinho da zona, para se sentirem deliciados pelo ambiente e pelo prazer da excelente comida. Provem o salame, os cogumelos frescos como porcini e trufas, carnes assadas, queijo de ovelha como o pecorino e o ricotta, e claro, o vinho italiano, incluindo o Chianti que é típico desta região.

O que visitar

Florença

Florença é uma cidade fantástica para os amantes da arte, cheia de museus e galerias – quase que se pode dizer que a própria cidade é uma obra de arte. Visitem a Galeria Uffizi conhecida pelas suas famosas obras de arte, definitivamente imperdíveis. Não deixem de comer gelado, porque em Florença existem gelaterias de perder a cabeça. Descansem a observar o movimento das pessoas na Piazza della Signoria onde a arte que rodeia esta praça é de cortar a respiração. A réplica da estátua de David situa-se na entrada desta praça, outrora pátio da casa Palazzo Vecchio, pertencente aos famosos patronos da arte, os Medici. Visitem a praça de Duomo e vejam as vistas da torre Giotto. Passem também pela Ponte Vecchio onde podem comprar joalharia, e admirem o rio deste local na altura do romântico pôr-do-sol.

Siena

Este é um ponto a não perder. Siena é uma cidade charmosa situada na Toscânia central, e uma das cidades medievais mais bem preservadas. Siena foi um berço da arte e do saber durante a idade média. As suas ruas estreitas e sinuosas e catedrais góticas são perfeitas para um passeio romântico. A Piazza del Campo é uma praça grande com 11 ruas que lá vão dar, sendo esta o coração da cidade. A catedral medieval de Siena ou Duomo di Siena, é fantástica pela sua arquitetura e pelas vistas quando se sobe à sua torre – não percam.

San Gimignano

Originalmente chamada Cidade das Belas Torres, é uma cidade medieval perto de Siena conhecida pelas suas torres, onde atualmente 14 dos mais de 75 pináculos definem o limite do horizonte. Visitem pequenas galerias, lojas, restaurantes, e a igreja colegial romanesca do século XII de paredes cobertas com frescos, e com um lindo teto abobadado repleto de estrelas douradas. 

Pisa

A cidade na zona ocidental da Toscânia é conhecida pela sua torre inclinada, mas não deixem de visitar o Campo dei Miracoli, que inclui um fantástico trio: o Battistero (Baptistery), Camposanta (cemitério cheio de terra transportada da terra santa pelos cruzados) e a Duomo (catedral). O candeeiro suspenso sobre o púlpito da catedral chamado de Lâmpada de Galileo, dizem que foi o que inspirou a teoria do movimento do pêndulo.

Volterra

Volterra está como que suspensa num palco na zona ocidental da Toscânia. Volterra oferece vistas fantásticas para a zona rural e é conhecida pelo seu artesanato das estátuas feitas pelos artesãos locais em alabrasto branco. O museu Etrusco Guarnacci tem uma das melhores coleções de artefactos Etruscos em Itália, incluindo 600 urnas funerárias ornamentadas.

Lucca

Ao explorarem esta cidade na zona norte da Toscânia, deem um passeio pelas colunas das grandes igrejas romanescas, conversem com os locais e visitem o mercado ao ar livre na Piazza del  Mercato; passeiem pelos maravilhosos jardins da Villa Reale (que ficam perto), outrora pertencentes à irmã de Napoleão. A Villa Reale está fechada de dezembro a fevereiro. Se estiverem na Toscânia entre julho e agosto, não percam o festival de música que acontece no teatro da vila, o Teatro di Verdura, o teatro criado com topiárias.

Arezzo

Esta cidade na zona oriental da Toscânia é um dos 3 maiores centros de produção de joias de ouro de Itália. Aqui encontrarão frescos fabulosos, não podendo deixar de visitar a coleção do século XIII que está na igreja de São Francisco, bem como os ricos e coloridos vitrais, e a poesia Etrusca. Visitem lojas de antiguidades à volta da Piazza Grande para encontrarem pechinchas, ou visitem as feiras de antiguidades que estão ao ar livre e que acontecem no primeiro fim de semana de cada mês.

Cortona

 As escadarias de Cortona, as ruelas estreitas e os edifícios antigos incutem muito charme à cidade. A cidade medieval, situada no topo da colina, é mais conhecida pelos seus pequenos museus, igrejas, e lojas de antiguidades. Façam o caminho jardinado de Vila Crucis até à igreja de Santa Margarida, e apreciem as excelentes vistas.

Outros locais a visitar na Toscânia

Livorno: um porto de mar, que é popular para os cruzeiros com canais do século XVII.

Carrara: cidade situada na costa da Toscânia, famosa desde a era romana pelas suas pedreiras de mármore.

Cortona: cidade na zona fronteiriça a sudoeste da Toscânia, famosa pelos livros de Frances Mayes.

Montepulciano: cidade do sudoeste da Toscânia, famosa pelo seu vinho.

Montalcino: cidade do sul da Toscânia, famosa pelo seu vinho.

Pienza: cidade no sudoeste da Toscânia com um centro histórico que pertence ao património mundial da UNESCO. Local do Palazzo Piccolomini e o seu jardim renascentista.

Maremma: cidade costeira do sudoeste da Toscânia.

Ilha de Elba: a ilha principal da costa da Toscânia.

Créditos imagem: 1

Artigos relacionados

Tóquio – Japão
Uma viagem a Tóquio é uma viagem muito diferente, uma mistura de vida moderna com as tradições antigas, desenhos animados manga...
Budapeste - Hungria
Se ambicionam uma lua-de-mel mais calma, mas cheia de sofisticação e história, Budapeste é o local ideal. Banhada pelo rio...
O segundo país mais pequeno do mundo (depois do Vaticano), o Mónaco é um destino de eleição para ricos e famosos, que aqui...
Casas barcelona
Passar uma lua-de-mel em Barcelona significa viajar até um dos maiores centros urbanos de Espanha, com muito por onde escolher....

na galeria

Ferramentas