Lua-de-mel nas Maldivas

Mar das maldivas

Se desejam momentos românticos debaixo do sol em ilhas desertas, com um oceano de águas turquesa, onde mergulhar é um deleite, e onde cada resort é uma ilha privada a dois sobre a água, então está na hora de marcarem a lua-de-mel para as Maldivas – a flor das Índias (segundo Marco Polo).

As Maldivas localizam-se no sudoeste do Sri Lanka, no equador, no meio do oceano Índico. É um país constituído por 1,190 ilhas, agrupadas em 26 atóis, onde apenas 200 são inabitadas; sendo que 87 são resorts. Todas estas ilhas são de cortar a respiração, banhadas por águas turquesa cristalinas, rodeadas de recifes de corais, com praias paradisíacas e sublimes palmeiras de fundo.

Melhor altura para viajar até às Maldivas

Para viajar até às Maldivas devem saber que o tempo é solarengo, quente e húmido durante todo o ano. A temperatura média anual varia entre os 24ºC e os 32ºC. O mês de Abril é o mais quente do ano e Dezembro o mais fresco. As épocas das monções são de Maio a Setembro. Os meses ideais para visitar as Maldivas são de Dezembro até Abril.

A estação com mais movimento é a estação seca: de Dezembro até Abril, por isso, para conseguirem melhores preços para viajar, será entre Maio e Novembro.

O que necessitam de saber

O dhivehi é a língua nacional das Maldivas, mas o inglês é falado pela maioria, especialmente pelo pessoal dos resorts.

A moeda local é o Rufiyaaa (MRf) e a unidade o Laari (100 Laari's = 1 Rufiyaa).

Necessitam de passaporte em dia com validade de 6 meses e bilhete de ida e volta.

Não podem levar bebidas alcoólicas na bagagem, bem como objetos religiosos que não estejam de acordo com a religião muçulmana.

As Maldivas são um país de religião islâmica, por isso, é obrigatório, fora dos principais centros turísticos, o uso de vestuário discreto, tendo sempre atenção a todas as restrições da religião islâmica.

Em Malé, e nas restantes ilhas locais (não resorts), os homens deverão ter sempre uma camisa ou t-shirt vestida e as senhoras roupa que cubra os ombros e coxas.

O sistema elétrico é de 230-240 Volts – AC.

Transporte

Para se deslocarem têm à disposição táxis, barcos e avião.

Onde ficar

Se pretendem um local considerado “menos dispendioso”, Cocoa Island pode ser o ideal, fica na zona da capital, e conta com 33 suites sobre a água. Privado e calmo, oferece ioga e spa.

Se pretendem um local luxuoso, o Six Senses Soneva Gili Resort & Spa é quase o que se pode chamar de pedaço do céu na terra. Suites com decks privados, em cima do oceano azul, com linha direta para o chef de cozinha e para o spa, podendo a qualquer hora apreciar uma massagem na areia da praia, ao som das ondas do mar.

O que fazer nas Maldivas

Nada

Bom, se estão a pensar viajar até às Maldivas, fazer nada pode ser uma excelente opção. Isto porque as Maldivas são ideais para fazer mergulho, relaxar no spa, ou apenas descansar. Quer optem por um bungalow em cima do oceano Índico, ou dar um mergulho no oceano com os coloridos peixes, podem fazer isso ou apenas relaxar, não fazendo nada.

Mergulhem

A grande maioria dos resorts nas Maldivas tem escolas de mergulho profissionais, com professores multilingues que administram cursos para iniciados e para avançados. Muitos dos resorts têm excelentes corais para mergulho, e a apenas um mergulho da praia estão belas vistas aquáticas. Não terão de comprar qualquer tipo de material de mergulho pois existe disponível o seu aluguer. A pedido, poderão fazer mergulho noturno com um mergulhador experiente. Se não querem fazer mergulho, podem apenas fazer snorkeling (apneia), pois é uma atividade mais simples, sendo também muito popular entre os turistas que visitam as Maldivas. Nas Maldivas, avista-se o fundo do mar até cerca de 50 metros de profundidade devido à luz e às águas transparentes. Perguntem no resort se fazem excursões de snorkeling à noite. Não se esqueçam de tirar belas fotografias debaixo de água!

Visitem o fundo do mar de submarino

Apreciem o que as águas das Maldivas cobrem, pois a maioria das ilhas apenas tem 1% visível, acima da água do mar. Desçam abaixo da superfície, a mais de 150 metros num submarino alemão, com capacidade para 50 pessoas, que se intitula como o maior transporte envolvido no mergulho marítimo profundo. Apreciem os corais e os peixes que os habitam, bem como as tartarugas, os tubarões, os peixes-leão, e os grandes cardumes de peixes. Alguns mergulhos são especificamente feitos para avistar destroços de navios, tubarões ou mantas.

Admirem golfinhos e baleias

As águas translúcidas e a abundância de vida marinha, tornam as Maldivas num local maravilhoso para contemplar as baleias, golfinhos e outras espécies mais raras, no seu habitat natural. Aqui, poderão admirar o maior animal do mundo, a baleia azul. Os barcos safari levam os visitantes até ao mar alto para que estes se deparem com espécies que não são frequentes junto da zona das Maldivas, como o cachalote-anão ou a baleia-bicuda-de-longman. As lindas orcas pretas e brancas também podem ser avistadas nesta zona. Se pretendem um contacto inesquecível com a vida marítima, esta é uma oportunidade a não desperdiçar.

Artigos relacionados

Grécia
 A Grécia tem tudo: sol, cor, mar, praias, comida fantástica e cultura. Este local é um excelente destino para viajar em lua-de...
Lua-de-mel paradisíaca
Localizado na América Central, em pleno coração das Caraíbas, Belize é um pequeno e agradável país que, para além de oferecer...
Paris
Paris é uma das cidades mais românticas do mundo, e para uma lua-de-mel apaixonada e urbana, não existe melhor lugar. Em Paris...
 Costa Rica
Um país lindo e multifacetado, a Costa Rica recebe de braços abertos todos aqueles que têm o privilégio de a visitar e perder-...

nos fornecedores

Porque numa Lua De Mel todos os pormenores / mimos são poucos,...
Viagens e Turismo Apostamos na qualidade e segurança! Oferecemos...
Mais e melhores viagens para si - transformamos a sua Lua de Mel...

na galeria

Ferramentas