Lua-de-mel em Bali – Indonésia

Bali – Indonésia

Entre o mar Java e o oceano Índico está Bali, uma ilha em forma de peixe, que pertence à Indonésia, sendo apenas uma das 17.000 ilhas indonésias que se estendem entre a Austrália e a Ásia. As praias de Bali são douradas, e o interior da ilha espelha um verde-esmeralda. Os vulcões e os terraços do cultivo do arroz são belas paisagens a não perder, tudo banhado com o aroma das belas plumérias. Provavelmente chegarão um pouco cansados devido ao jet-lag, mas ao partirem desta ilha, sairão renovados pela sua magia.

O que precisam de saber

Para entrarem em Bali necessitam de um passaporte válido por mais 6 meses e de um bilhete de volta.

Em Bali fala-se Bahasa Bali, Bahasa Indonésio e o Inglês.

A moeda usada é a Rupia indonésia (IDR).

Se tiverem, ou comprarem lá, um sarong e uma faixa, conseguirão aceder à maior parte dos templos balineses e presenciar as celebrações, se forem convidados.

Transporte

Para passearem em Bali têm à vossa disposição o táxi, o bemo (míni-autocarro), carro alugado (andar pela esquerda!), moto, bicicleta.

Melhor altura para viajar para Bali

O melhor clima surge entre Abril e Maio, Setembro e Outubro.

Em termos de preços, pode-se dizer que não há grande variância durante o ano. A época alta é em Julho e Agosto e nas semanas próximas do Ano Novo e do Natal. Nesta altura, os preços são mais altos e os turistas mais abundantes. Evitem também Fevereiro e Março porque a humidade e o calor são os mais elevados do ano.

Os balineses seguem 2 calendários locais: o hindu e o wuku. Tenham em atenção às datas destes calendários pois podem evitá-las ou, pelo contrário, preferirem presenciá-las. No calendário wuku dá-se destaque ao festival de 10 dias que ocorre em Julho, durante o qual as criaturas míticas leão-cão andam de templo em templo. Em final de Fevereiro, celebra-se o Ramadão (Idul Fitri). No final de Março existe um ritual que implica uma grande purificação dos balineses, onde é suposto que estes fiquem em casa, sentados, de forma silenciosa.

Clima

Bali é mesmo abaixo do equador, por isso, os dias são de 12 horas, e as temperaturas estão quase sempre entre os 20ºC e 30ºC. A época das chuvas surge entre Outubro e Abril, altura em que a chuva usualmente cai em grande intensidade durante períodos de 1 hora. Os meses mais quentes são Fevereiro, Março e Abril. Embora esteja bom tempo, devem sempre levar uma camisola caso andem em locais mais montanhosos, durante a noite.

O que fazer em Bali

Viagem pelos templos

Existem cerca de 20.000 santuários e templos nesta ilha e quase que se pode dizer que se sentem os espíritos nos quais os balineses acreditam. A ilha está cheia de templos com cestos de flores colocadas para conter os maus espíritos. As figuras de pedra guardam as ruas, com panos pretos e brancos à sua volta, simbolizando o balanço entre o bem e o mal.

Não percam os grandes templos Pura, Agung, Put Pura, Luhur Uluwatu (lindo pôr-do-sol, embutido em penhascos a cerca de 100 metros de altura) situado na zona sul da península de Bukit Badung.

O local mais sagrado de Bali é Pura Besakih, um dos grandes 9 templos localizados nas encostas do pico vulcânico Gunung Agung, um local que os balineses acreditam ser o “umbigo do mundo”. Pura Besakih é chamado o “templo mãe” e engloba dezenas de espirais de telhados de palha e terraços ambientados com incenso e decorados com colares de flores. Durante o 10º mês do calendário lunar (Março ou Abril), o templo de Besakih tem o papel de receber a maior peregrinação para celebrar a ideia de que “todos os deuses descem juntos”.

Visitem Ubud

A cidade de Ubud é um excelente local para visitar galerias de arte, bem como artesanato das diferentes aldeias: artesanato em madeira, joalharia e pintura. Podem também visitar o museu Puri Lukisan, jantar ou almoçar num dos muitos restaurantes e dançar durante toda a noite. Ubud também é um local muito bom para rafting ou trekking. Também abençoada com um clima e localização geográfica perfeita, Ubud tornou-se também famoso pelos cenários do cultivo de arroz, irrigados pelo sistema de irrigação tradicional de Bali, o subak. Aluguem bicicletas e visitem algumas das aldeias à volta de Ubud como Pejeng, Tegallalang e Campuhan, onde poderão apreciar o magnífico cultivo do arroz e admirar a paisagem da montanha e do rio.

Visitem os festivais

Nesta ilha, os festivais em honra dos deuses são muito comuns, acontecendo quase numa base diária. Ao visitarem um festival, não percam o teatro de sombras (wayang kulit) e ouçam as orquestras gamelan que entoam melodias compostas por flautas, pratos, gongos, tambores, e xilofones de bambu. Perguntem no hotel sobre o calendário dos próximos eventos.

Visitem Kuta/Legian

Se não pretenderem ficar na zona de praia de Kuta/Legian, planeiem uma visita à mesma, e deliciem-se com a magnífica praia. Esta zona também é a zona mais animada de Bali, onde podem encontrar uma noite alegre, cheia de bares, lojas e todo o tipo de diversão.

Façam surf

As ondas gigantes de Bali atraem os surfistas desde a década de 60. Ondas com mais de 3 metros de altura são atrativas para quem pratica surf, mas também podem ser atrativas para quem deseja experimentar fazer surf. Existem muitas escolas de surf em Bali, e uma aula de 75 minutos custa cerca de 450.000 rupias em teachsurf (um excelente professor australiano que vive há 30 anos a praticar surf na Indonésia). Os cursos para iniciados são administrados na praia Legian, onde as águas menos profundas, a costa de areia e as pequenas ondas ajudam à aprendizagem.

Mergulhem na ilha de Menjangan

A ilha de Menjangan situa-se no extremo oeste, sendo uma viagem demorada. O local é remoto, por isso, não atrai muitos visitantes, porém vale a pena. Nesta zona contratem um barco para vos levar a mergulhar nos recifes durante 1 dia, e preparem-se para se sentirem avassalados pela experiência. Este é um dos melhores locais para fazer mergulho. No restante dia aproveitem e relaxem na ilha perto, em Pemuteran – é aconselhado que fiquem aqui uma noite ou mais. Se tiverem tempo, visitem o parque nacional Taman Nasional Bali Barat. A viagem até aqui dura mais de 3 horas desde o sul de Bali, mas será inesquecível.

Artigos relacionados

Veneza – Itália
Veneza é uma das cidades mais românticas do mundo. Uma lua-de-mel em Veneza pode contar com: cultura, fantástica comida,...
Toscânia – Itália
A Toscânia é a verdadeira zona luxuosa de Itália, não pelas marcas conhecidas, ou pela riqueza financeira, mas sim pela paisagem...
Mar das maldivas
Se desejam momentos românticos debaixo do sol em ilhas desertas, com um oceano de águas turquesa, onde mergulhar é um deleite, e...
Islândia
Se querem uma lua-de-mel “outside the box”, então não haverá melhor destino do que a Islândia! Uma pequena ilha com...

nos fornecedores

Porque numa Lua De Mel todos os pormenores / mimos são poucos,...
Viagens e Turismo Apostamos na qualidade e segurança! Oferecemos...
Mais e melhores viagens para si - transformamos a sua Lua de Mel...

na galeria

Ferramentas