Convites de casamento escritos em duas línguas

Se os noivos são oriundos de culturas diferentes, e têm famílias com dois idiomas diferentes então a solução será criarem um convite de casamento escrito em duas línguas.

E quais as opções?

Se querem manter o convite simples, optem por um convite que não seja dobrado, e imprimam o texto do convite em cada um dos lados com um idioma distinto de cada lado do convite. Tenham em mente que isto só funciona se o texto for impresso a laser e não gravado no papel.

Uma outra solução económica é o opção de manterem apenas um convite de casamento normalmente escrito num idioma, usando apenas uma palavra ou frase noutro idioma como um elemento decorativo – por exemplo o carácter chinês do amor (no caso de um dos noivos ser chinês).

No caso de optarem por um convite dobrado, este não limita tanto em termos de método de impressão. Estes convites de casamento podem ser dobrados de forma a apresentarem qualquer das partes como primeira página.

Podem também optar por um design gráfico no lado exterior do convite, e o texto dos convites de casamento escrito nos dois idiomas, dentro do convite, um em cada lado da folha.

Uma outra possibilidade também interessante para o convite de casamento é a “linha-a-linha” que envolve o texto do convite escrito sempre com tradução simultânea nas duas línguas, alternando cada frase. Se isto for feito numa única página, podem optar por cada frase num tipo de letra e cor diferente, para se compreender qual o texto que corresponde a cada língua. Este look pode parecer especialmente atractivo se optarem pelo alfabeto romano, com outro sistema de escrita como o Chinês ou Árabe.

Quase todas as gráficas podem imprimir convites em diversas línguas que usem o alfabeto romano. Porém, se pretenderem usar outro tipo de alfabeto, isto vai requerer mais trabalho. Poderão ter de preparar uma escrita à parte por um calígrafo ou optar por um offset noutro local.

Antes de terem os vossos convites de casamento impressos, recordem-se de rever o texto muitíssimo bem. Peçam especialmente para rever o texto do convite que não foi escrito na vossa língua mais fluente, por alguém fluente nessa mesma língua; escreverem o convite com erros gramaticais, ou palavras sem qualquer significado pode ser considerado um insulto para quem recebe o convite de casamento.  

Artigos relacionados

Durante a cerimónia de casamento Antes de mais: desligue o telemóvel, e nem pense deixá-lo a vibrar, pois apesar de não...
Desde sempre que as propriedades afrodisíacas de certos elementos, como os alimentos, aparecem referidas na história. Os...
Acabaram de ficar noivos? Eis as 10 primeiras coisas a fazer.
convite de casamento
Cerca de quatro meses antes do vosso casamento, e logo após terem escolhido a data, o local, o estilo e a formalidade do mesmo...

nos fornecedores

Organização de eventos. Desde a gestão de orçamento, passando...

na galeria

Ferramentas