Banda ou DJ no casamento?

Dj phones e microfone

Todos os noivos desejam um casamento de sonho perfeito; desde o local, ao vestido de noiva, ao menu, as escolhas têm de ser perfeitas. O mesmo se passa em relação à música; colocando-se a dúvida relativamente à escolha entre uma banda ou um DJ. Dado que a música é a alma da recepção de um casamento, é normal não saber bem por qual optar. Deixamos aqui algumas ideias para vos ajudar a decidir; como em todas as escolhas, existem vantagens e desvantagens…

Atmosfera

O estilo da música irá determinar a vibração da festa e todo o ambiente. A escolha do género musical é determinada pela formalidade do casamento, pelo tipo de convidados, mas não só; optar por um DJ ou uma por uma banda também é uma escolha que afectará o ambiente pois determinará o espírito da festa. Por exemplo: um trio de jazz proporciona um ambiente totalmente distinto do de um CD a tocar Miles Davis.

Carisma

Um DJ ou um vocalista de uma banda funcionará como porta-voz (mestre de cerimónia) nos momentos importantes da recepção, o que significa que é necessário saber entreter, não ser inconveniente, ser educado, amigável e carismático. Na altura da entrevista questionem e verifiquem que tipo de indumentária é que usam, e como interagem com o público.

Orçamento

Regra geral um DJ custa menos que uma banda. Os seus preços podem variar dependendo não só da deslocação, mas também da altura da semana e do equipamento necessário. Claro que também varia o facto de serem mais ou menos famosos. Uma banda, em geral custa mais, pois é composta por mais elementos, tem uma maior quantidade de material a transportar; o preço também varia relativamente ao tempo que desejam que ela actue e da altura do ano.

Duração do casamento

Muitas recepções duram cerca de quatro a seis horas, o que pode ser muito tempo para uma banda actuar. A banda pode sempre preencher os momentos de pausa com música pré-gravada, mas se a recepção durar muitas horas talvez um DJ seja a melhor solução.

Disposição do local

Verifiquem se o local da recepção é grande o suficiente para ter uma banda e uma pista de dança; se tiver bastante espaço, uma banda torna-se o ideal, senão um DJ é o mais adequado. Certifiquem-se também se existem restrições a algum tipo de barulho, instalações eléctricas e equipamento por parte do local da recepção. É muito importante saberem estes pormenores antes de tomarem uma decisão.

Conheçam os dois

Em caso de dúvida entrevistem DJ’s e bandas, pois um bom DJ ou uma boa banda pode ser o ponto alto de uma recepção. Um mau DJ, ou uma má banda pode simplesmente arruinar a recepção de um casamento. Na entrevista com o DJ verifiquem a selecção de música que ele passa, tenham em atenção a sua atitude e tentem sempre ver uma actuação. Relativamente à banda, vão ouvi-la a um casamento em que ela actue, para terem a certeza se é isso que desejam para o vosso. Perguntem sempre por referências a amigos sobre bandas ou DJ’s que eles tenham conhecimento e que já tenham ouvido.

Demos

É comum as bandas e os DJ’s terem um CD ou vídeo de demonstração, muitas vezes colocados no YouTube, o que facilita a sua visualização. Requisitem o link desse vídeo, ou o CD demonstrativo. No caso de ser uma banda, confirmem se os músicos que estão nessa demonstração irão ser os mesmos que irão estar presentes no vosso casamento. Façam sempre um teste, indagando se a banda ou o DJ estão dispostos a tocar uma música do vosso agrado; se não conhecerem a música, vejam se estão dispostos a aprendê-la, senão vejam outras possibilidades.

Tema e estilo

O tipo de música que passará no vosso casamento pode ser em função dos vossos gostos pessoais e não só, pode servir como base a um tema, podem por exemplo escolher o tema casamento indiano, sendo muito apropriado ter música indiana de fundo enquanto se encontram à mesa. Providenciem duas listas de músicas: “Tem mesmo que tocar isto” e ”Nem pensar em ouvir isto”. Façam saber ao DJ ou à banda os vossos interesses musicais antes de os contratarem. Se não desejam ouvir o “Apita o comboio” é bom que definam isso antes de contratarem alguém.

Optar pelos dois

No caso de optarem por ter uma banda e um DJ no vosso casamento, podem preferir alternar os dois: podem ter a banda a tocar durante os pratos da recepção e no momento do corte do bolo, enquanto o DJ fará parte da festa que fica normalmente para os mais novos, depois do corte do bolo. Se assim for, antes do casamento deverão colocar a banda e o DJ em contacto, deixando sempre claro as vossas preferências musicais.

Banda: vantagens

  • Não existe nada como a música ao vivo, a energia transmitida ao público, sendo mais motivador para os convidados dançarem.
  • A probabilidade do som ser melhor que um DJ é maior.
  • Os músicos fazem intervalos, o que permite aos convidados terem tempo para pararem e descansarem.
  • Um determinado tipo de banda pode ser complementar a um tema de casamento; uma banda de jazz poderia complementar um casamento baseado no tema dos anos 20.

Banda: desvantagens

  • O custo é maior.
  • Algumas bandas só tocam um tipo de música, sendo mais limitadas na variedade musical. Podem ter uma banda que seja muito clássica, ou muito jazz, ou mesmo demasiado típica de um casamento. Muitas vezes não sabem tocar uma música mais especial, ou pedida por algum convidado.
  • Muitas bandas não têm controlo de volume, sendo bastante barulhentas e, por isso mesmo, desadequadas a uma recepção de menor dimensão.
  • Os músicos necessitam de pausas, muitas vezes quando a música pára não há um CD a tocar durante essas pausas, diminuindo a energia do momento.

DJ: vantagens

  • As músicas são realmente interpretadas pelos artistas originais, não havendo adaptações ou diferenças na música que vocês mais gostam.
  • Muitos DJ’s têm bibliotecas musicais infindáveis. Isto significa que têm uma variedade de música muito grande e que podem agradar a amigos e familiares.
  • Não há pausas na música, há sempre um CD a tocar.

DJ: desvantagens

  • Um DJ monótono, ou que coloca as musicas a tocar e não está presente pode arruinar o espírito de uma festa. Muitos DJ’s gravam as suas sessões, podendo estas não ser adequadas ao público presente, tentando muitas vezes compensar isso com piadas menos felizes entre as músicas. Façam a playlist juntamente com o DJ para evitar situações como essas.

Artigos relacionados

"after-party" da recepção do casamento
Se a recepção é emocionante de delinear, uma after-party de casamento poderá ser ainda mais espectacular!
Danças no casamento
Só porque já contrataram o DJ ou a banda para a recepção do casamento, não significa que não tenham de se preocupar mais....
Um dos momentos mais marcantes da recepção do casamento é a primeira dança dos noivos, que tradicionalmente abre o baile. Nada...
fotografia noivos
As imagens duram para sempre, e quem resiste ao encanto da diversão de uma cabine fotográfica no dia do casamento? Esta é uma...

nos fornecedores

A Make Me Feel Weddings dedica-se à produção de fotografia e...
A Glamour flowers & decor apresenta soluções inovadoras e...
Fotografia e Vídeo Profissional, Equipa Jovem e Responsável....

na galeria

Ferramentas