Aí vem o noivo

Noivo e padrinhos

Segundo as nossas estatísticas, 34% dos noivos participam muito no planeamento do casamento, e apenas 7% não participam nada. Estes 34% envolvem-se ativamente no planeamento do casamento.

O nível de envolvimento do noivo no planeamento do casamento tem vindo a aumentar ao longo do tempo. Já lá vai o tempo em que o papel do noivo apenas se cingia ao pedido de casamento e ao “sim” do dia do casamento.

Os casais de noivos atuais, especialmente os que pagam o seu próprio casamento, ambos participam na organização do casamento.

Quando o noivo participa ativamente na partilha de atividades, é muito comum ter a seu cargo a gestão da música, o design dos convites de casamento, a pesquisa e direção do fotógrafo, a animação, a lua-de-mel e o transporte. Logicamente que não tem de se cingir apenas a estas tarefas: selecionar o bolo do casamento, o catering, a decoração, e tudo o que desejar, também podem ser tarefas partilhadas com a noiva.

Mostrar a personalidade do noivo

Com a evolução do estilo do casamento e da relação dos casais, o noivo gosta cada vez mais de incutir detalhes da sua personalidade numa festa que afinal também é dele. Desde incutir os seus gostos musicais, decidir detalhes no seu fato e acessórios de casamento, e tudo isto de forma divertida, demonstrando mais companheirismo para com a sua companheira. O noivo pode ter um papel de ainda maior destaque no casamento, podendo criar uma coreografia com os seus amigos, cantar uma serenata à noiva, ou preparar uma sessão fotográfica romântica no dia do casamento.

Diferença entre noivo e noiva

Enquanto a noiva se preocupa se os cocktails são bonitos, o noivo preocupa-se se os cocktails são saborosos. A noiva usualmente preocupa-se mais com detalhes da decoração do casamento, enquanto o noivo se preocupa mais com a diversão dos convidados, como com as bebidas e a música. Resumindo, ambos são imprescindíveis, e a sua colaboração torna a festa do casamento melhor.

Como se envolver no planeamento

Para um noivo que não sinta que se pode envolver ou não saiba como se envolver no planeamento do casamento, o ideal é que decida o que pretende para os seus convidados – como deseja que eles se sintam no dia do casamento (alegres, nostálgicos, divertidos, numa festa de família...). Desta forma pode começar a pensar em ideias divertidas e interessantes para conseguir colocar esses desejos na prática. Deve permitir que a sua personalidade brilhe, tratando da seleção e delineando ideias divertidas com a noiva e com os músicos e com o pessoal da animação e/ou escolher músicas para o casamento que demonstrem a sua personalidade.

E para os noivos mais tradicionais, mesmo que os amigos gozem com o facto de ir escolher as flores para o dia do casamento, diga-lhes apenas que vai porque quer ir, afinal o casamento é uma aventura a dois. A noiva deve respeitar a opinião do noivo e como tal ser uma companheira. Devem saber chegar a um consenso, afinal o casamento é de ambos!

Artigos relacionados

cocktails de champanhe e framboesa
1. Em vez de uma recepção sentada com bar aberto, façam um brunch, ou seja um pequeno-almoço...
cerimónia religiosa com cálice flores e vela
1. Por exemplo, em vez de terem uma recepção formal com um almoço ou jantar sentados, optem por uma festa...
quadro de inspiração
Para conseguirem um dia de casamento memorável, todos os detalhes contam, especialmente a inspiração que vos levará a criar um...
cartões marcadores casamento
Se este é o vosso dia, também é um dia importante para os vossos convidados, pois certamente também vos são estimados. Como tal...

nos fornecedores

Fotografia e Video personalizados
A nossa filosofia sempre foi oferecer aos nossos clientes um...
Construímos esta empresa na base da experiência, na dedicação e...

na galeria

Ferramentas